5 dicas para abrir uma loja em shopping Center

loja em shopping

Os shoppings centers chamam a atenção de diferentes empreendedores pelo grande fluxo de pessoas e movimentação comercial no dia a dia desses ambientes. Diferentes tipos de públicos frequentam esses espaços todos os dias, geralmente, a maior intenção é de comprar ou apenas diversão. Por isso abrir uma loja em um shopping center é uma oportunidade para muitos empreendedores.

A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) realizou um levantamento entre os anos de 2017 e 2018 para verificar a atual situação econômica do segmento. O resultado foi extremamente positivo. De acordo com dados coletados, o faturamento desses espaços segue aquecido e rendendo um ótimo retorno financeiro com crescimento de 6,2%, registrando mais de 167 bilhões de reais, apenas em 2018.

A região sudeste é a que mais se destaca no faturamento anual. Apenas os estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais acumulam juntos aproximadamente 100 bilhões de reais.

Quer saber como abrir sua loja e ter sucesso? Fale com um especialista.

Falar com um Contador Especialista

Variedade nos espaços comerciais

A variedade de espaços comerciais chama a atenção de diferentes investidores. Além disso, shopping centers possuem vantagens que vão além do grande fluxo de pessoas. Segurança, praças de alimentação, banheiros, estacionamento e outros tipos de facilidades ofertadas por esse espaço, são vantagens que se traduzem em ótimas oportunidades no processo de consolidação de uma loja.

Administre bem sua loja no shopping

Com essas 5 dicas de como abrir uma loja em shopping, uma boa administração e gestão financeira, o seu negócio pode colher ótimos frutos! Já que em shoppings centers  a circulação de pessoas, é elevada. Dependendo do local e região, a abertura de uma loja em shopping center pode ampliar o público alvo do seu negócio.

Entretanto, apesar das vantagens e benefícios de abrir uma loja em shopping, os custos para manter um empreendimento no local são bem maiores do que um ponto comercial na rua. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de avaliar os gastos, por isso é fundamental contar com uma consultoria contábil completa, com profissionais competentes e preparados a ajudá-lo a administrar o seu negócio da melhor forma possível.

Pensando nisso, o Gerando Empreendedores decidiu produzir um conteúdo especial para você conhecer algumas dicas no processo de abertura do negócio, nosso objetivo é ajudá-lo a empreender de forma correta, para que o seu negócio alcance os melhores resultados possíveis. Se você está pensando em iniciar o empreendimento em um shopping ou expandir o projeto com a abertura de novas lojas nesses espaços você veio ao lugar certo.
Fica atento nas 5 dicas para abrir uma loja em shopping:

A organização do ponto comercial dentro do shopping

Uma das primeiras coisas que você precisa prestar atenção ao abrir uma loja em um shopping center, é o ponto comercial adequado para o seu segmento de negócio. Diferente dos pontos em rua em que a localização seria um tópico de análise,  a escolha do ponto comercial dentro de um shopping segue as descrições do caderno técnico da estrutura. Ou seja, a loja provavelmente ficará situada em uma região com outros empreendimentos do ramo.

Caderno técnico e organização

O caderno técnico é um importante documento de organização da estrutura dos shopping centers, pois nele está contido informações de funcionalidades, regras de espaço e organização dentro da estrutura, direitos de reforma, medidas de segurança tanto para o profissional, quanto para o cliente, dicas e técnicas de atendimentos do consumidor e outros deveres que o empreendedor deve cumprir.

Invista em sua loja no shopping

Normalmente, o espaço destinado para uma loja em shopping de tamanho normal varia entre 20 a 30 metros quadrados. Todos os custos somados relacionados a um ponto comercial em shopping podem chegar a 20 mil reais por mês. São cobradas taxas, verba de marketing compartilhado e outros pontos incluídos no contrato de locação, além do aluguel.

Quiosques já seguem outro tipo de lógica e avaliação. Apesar de o espaço ser menor, o custo também acaba sendo mais suave, assim como o tempo de contrato firmado com o local.

Falar com um Contador Especialista

Diferenças contratuais em lojas e quiosques em shopping centers

As diferenças contratuais entre um ponto comercial e um quiosque também precisam ser levadas em conta. Verifique, portanto, a intenção e a necessidade do negócio.

Se você não possui grandes recursos financeiros para investimentos ou tem como intenção apenas testar o público do local, talvez o ideal seja investir na instalação de um quiosque. O tempo de contrato de uma loja física dentro de um shopping center, geralmente, é de quatro anos.

Esses contratos também consideram outras exigências, como, por exemplo, conexão ao ar condicionado central, que deve atender as normas da estrutura, por segurança e também pela preocupação em manter um padrão de instalações. Além disso, também é limitado o espaço de venda a uma porcentagem que varia de acordo com o shopping.

Já os quiosques possuem um tempo de contrato menor. Geralmente, os shoppings promovem acordos de seis meses com os contratantes. Apesar da vantagem de um tempo contratual menor, isso também pode representar um problema a ser enfrentado pelo empreendedor.

O perigo é a incerteza de renovação do contrato no mesmo local instalado o quiosque inicialmente. Uma mudança de local pode prejudicar o empreendimento, assim como se os resultados obtidos estiverem sendo satisfatórios para quem contratou.

Por isso, fique atento nas negociações e necessidade do negócio. Um quiosque apesar de não possuir muitas preocupações nas viabilidades técnicas, pode acabar com um futuro incerto devido ao curto tempo de contrato.

Instalações do quiosque no shopping

A instalação de um quiosque precisa ser pensada de forma estratégica. Claro que o caderno técnico irá ser avaliado na abertura do ponto comercial, entretanto, a maior flexibilidade no contrato de um quiosque permite avaliar outros pontos.

Por isso, se você decidiu começar investindo em um quiosque, por exemplo, deve estar atento aos fluxos de circulação de pessoas dentro do espaço. É importante fazer um estudo na movimentação de indivíduos para instalar o negócio em um corredor com bastante dinamicidade e interação com os consumidores.

Além disso, você precisa colocar o quiosque em uma região que esteja de acordo com o público-alvo, a fim de manter um considerável número de visitantes que potencialmente podem se tornar consumidores.

Utilize o shopping como segunda opção

Uma dica importante para você que deseja abrir uma loja em shopping é não fazer isso se você pretende começar um negócio nesse local. Apesar da facilidade e dos benefícios ofertados pelo ambiente, isso pode rapidamente se tornar um problema com os altos custos de manutenção, aluguel e instalação exigidos pelo local.

Além disso, o não conhecimento do público alvo, também pode acabar atrapalhando o faturamento da sua loja.
Por isso, é recomendado que a abertura de uma loja no shopping center seja uma segunda opção do negócio. Invista em um ponto comercial na rua e após uma clientela fixa e fidelizada, abra uma filial nesse espaço.

Caso você feche no vermelho nos primeiros meses, os lucros e rendimentos da loja fixa podem lhe auxiliar a manter o investimento. Existe uma grande rotatividade de lojas nesses espaços justamente pela ausência de uma atuação estratégica. A partir de um patrimônio consolidado você pode começar a expandir o negócio e utilizar do caixa da matriz para auxiliar os investimentos em estabelecimentos paralelos.

Alinhe o plano de negócios da loja com os valores do shopping

Ao elaborar o plano de negócios da loja, você precisa estar atento em estabelecer uma visão do empreendimento alinhada aos valores do shopping. O tipo de público que frequenta o espaço, a localização do shopping, o marketing compartilhado, a estrutura física tanto da loja quanto dos ambientes externos.

Tudo precisa ser colocado no papel e avaliado na hora de instalar um negócio. É importante manter uma visão realista em relação aos produtos e serviços ofertados para compreender o futuro de suas vendas.

É importante considerar também a “idade do shopping”. Quanto mais novo for o ambiente, menor será a circulação de pessoas. O tempo de adaptação e fidelização dos dos clientes ao ambiente pode levar até três anos.

Organize a parte financeira da sua loja

A organização financeira é o principal passo para o sucesso de um empreendimento. O controle de custos, gastos e a transformação desses investimentos em lucros,  é uma etapa que deve ser feita com muita atenção e responsabilidade. Manter uma loja em shopping não é barato.

Os custos são altos e muitas vezes isso afasta alguns possíveis investidores, apesar das facilidades que um shopping possui. Existem algumas taxas que são cobradas pelos shopping centers:
Aluguel: o valor geralmente é avaliado por metro quadrado ou também pode ser cobrado a partir do faturamento da loja.
Luva ou Cessão de Direito de Uso (CDU): fique atento ao valor cobrado. A taxa é cobrada uma única vez ao proprietário do ponto. Entretanto, o valor costuma ser muito alto.

Por isso, pesquise bastante antes de fechar negócio e compare entre lojas e negócios. Não tenha medo de negociar.
Fundo de promoção: outra taxa cobrada mensalmente. O valor é justificado pelo marketing compartilhado, divulgação e publicidade do local, por isso sempre fica mais caro no mês de dezembro. A taxa é calculada a partir do percentual de vendas.
Condomínio: assim como em apartamentos, é cobrado um valor a partir do tamanho da loja e estrutura de operação do local. A taxa inclui fatores como energia, ar condicionado e limpeza do ambiente.

Essas 5 dicas para abrir uma loja em shopping farão da sua loja um grande sucesso.

Contabilidade da sua loja

O Gerando Empreendedores tem especialistas em todo o Brasil para te ajudar a crescer seu negócio. Nossos especialistas são contadores e financistas que podem te auxiliar na gestão empresarial.

Serviços de contabilidade especializados para sua loja no shopping.

Falar com um Contador Especialista

Portal Gerando Empreendedores
Portal Gerando Empreendedores
A primeira escola de empreendedorismo no Brasil formada por Contadores e Financistas Especializados. Somos o maior apoio paras as Micro e Pequenas Empresas.
Preciso de Ajuda