Capital de Giro: veja como calcular suas necessidades

capital de giro. aprenda a controlar.

Todo empresário naturalmente tem a preocupação com seu negócio, e por isso, saber como calcular o capital de giro se torna de grande relevância. Hoje você descobrirá o que é o capital de giro, o que é o capital de giro líquido, como fazer o cálculo de capital de giro, entre outros temas associados.

O que é o capital de giro

Você tem interesse em saber sobre capital de giro definição?

Também conhecido como giro de caixa, esse capital envolve todos os recursos que sua instituição possui e que serve para pagar todas as despesas e todos os custos que são fixos e variáveis. E isso independe se essas contas estão dando lucro ou não.

Será este dinheiro chamado de capital de giro, que será capaz de permitir com que a empresa tenha condições de sobreviver e funcionar enquanto os investimentos não geram retorno ainda.

Ou seja, esse capital dará suporte para as necessidades vitais da empresa. Excelente para os casos em que sua empresa vendeu, mas ainda precisa esperar para receber os pagamentos a prazo, feitos por exemplo, pelo cartão de crédito.

Em outros casos, esse capital também ajuda nos momentos de crise, de dificuldades, de abalo na economia, ou quando as vendas estão baixas e os retornos não conseguem dar o suporte necessário para cobrir as despesas da empresa.

Portanto, capital de giro é na verdade, a garantia da empresa sobreviver no mercado, cumprindo suas obrigações para o devido funcionamento de todas as operações que lhe são relevantes e primordiais.

De forma objetiva podemos dizer que o NCG é o valor mínimo que é encontrado para o negócio e que visa garantir as principais demandas organizacionais.

Como fazer o cálculo de capital de giro

Cálculo de capital de giro tem sido muito pesquisado pelos empreendedores, assim, o capital de giro fórmula, é de interesse coletivo, pois ajuda a empresa de diversas formas para suportar situações difíceis.

Então, como calcular a necessidade de capital de giro de sua empresa?

Observe bem, antes de ser aplicado qualquer tipo de fórmula, é preciso compreender alguns pontos cruciais que se associam ao tema em questão. No capital de giro existem prazos, e sobre eles explicaremos a partir de agora, combinado?

Prazo médio de recebimento da empresa:

Se trata do período em que uma mercadoria ou serviço foi vendido e onde houve recebimento financeiro. Por exemplo, se sua loja vendeu algum produto parcelado, em três vezes, o prazo médio de recebimento do dinheiro será de:

  • 33% em 30 dias
  • 33% em 60 dias.
  • 33% em 90 dias.

Prazo médio de pagamento da empresa:

Nesse caso, esse prazo envolve o momento em que se compra matéria ou produto e o tempo em que se faz o pagamento do mesmo.

Ou seja, se você comprou a matéria-prima em 2 parcelas, fica assim:

  • Prazo médio de pagamento: 50% a vista e 50% daqui a 30 dias. Ou ainda, em 30 e 60 dias.

Assim sendo, para calcular o NCG – que se trata da necessidade de capital de giro, é preciso realizar a seguinte fórmula.

  • NCG = prazos médios de recebimento menos os prazos médios de pagamentos.

Leva-se em consideração o seguinte:

  • Prazo médio de pagamento = quando maior que o prazo médio de recebimento.

Nesse caso, o seu fluxo de caixa terá grandes chances de estar positivo, pois em outras palavras, são os clientes que financiarão os pagamentos de acordo com essas parcelas que chegam antes dos saldos a serem pagos.

Mas se o resultado do cálculo for prazo de recebimento maior do que o prazo de pagamento, nesse caso, o fluxo estará negativo, pois dessa forma para quitar suas dívidas, precisará usar recursos de terceiros, como empréstimos de banco ou de sócios.

Calcular o capital de giro com ativos e passivos circulantes do balanço patrimonial

Existe também esse formato de cálculo. Por isso é sempre bom ter a ajuda de uma contabilidade experiente para ter todas as necessidades bem atendidas.

Um especialista contábil e financeiro poderá te beneficiar não somente como o apoio com o capital de giro, mas também com o balanço patrimonial que lhe servirá em muitos propósitos.

Vejamos agora, mais sobre os ativos e passivos.

Ativos circulantes da operação: envolvem todos os direitos e bens que se possui. Estes podem ser comercializados, negociados ou consumidos, desde que gerem preço agregado para a empresa. Os resultados podem vir em curto prazo, até 12 meses.

Passivos circulantes da operação: se tratam das dívidas e de todas as obrigações que se tem e que precisam ser quitadas em até 12 meses.

Nesse caso, você terá algumas fórmulas:

  • NCG = Ativos circulante das operações – passivo circulante das operações

Ou:

  • NCG = contas a receber + valores em estoque – contas a pagar

Mas se você não quer ficar perdendo tempo fazendo todos esses cálculos, pode contar com um de nossos especialistas em sua cidade. O atendimento pode ser online.

Cálculo circulante líquido e sua importância

Saber calcular esse capital, ajuda o empresário a garantir que o empreendedor não passe sufoco, seja na hora de pagar seus fornecedores ou funcionários.

Existe uma real importância nesse sentido, pois a empresa estará mais assegurada em determinado tempo de atuação, já que esse capital vem como auxílio em momentos difíceis.

O capital de giro líquido tem relação com o valor agregado de todos os ativos que são circulantes e dos passivos que são circulantes. Serve para ser usado na medição da liquidez de curto prazo e tem a capacidade de também trazer informações importantes a respeito das capacidades da administração com relação aos ativos.

Para se calcular o capital de giro líquido, é preciso usar essa fórmula:

  • Caixa e equivalentes de caixa + investimentos que são negociáveis + contas a receber dos clientes + inventário – contas a pagar = ao capital de giro líquido.

– CGL = capital de giro líquido.

– AC: ativo circulante.

– PC: passivo circulante.

  • Fórmula: CGL = AC – PC.

Para que se evite fechar o seu negócio, ou no intuito de evitar problemas com fornecedores e clientes, você deve estar constantemente atento ao seu capital de giro e ao capital de giro líquido de sua empresa.

No sentido informativo do capital de giro líquido, ele por sua vez, é mais informativo se for feito um rastreamento em linha de tendência. Permitindo assim uma melhoria gradual ou mostrando um declínio no capital de giro e no capital líquido.

O capital de giro líquido tem sua importância para estimar a condição que uma organização tem no fator crescimento, medindo sua velocidade de ascensão. Trazendo dessa forma, informações de valor para a empresa.

Benefícios do capital de giro

Ao se ter as reservas de capital, a empresa tem melhores condições para ampliar de forma rápida os negócios.

Já com relação as dificuldades ou inexistência de capital de giro, a empresa certamente terá problemas para efetuar pagamentos em momentos de maiores dificuldades, impedindo também medidas de crescimento ou de projeção de crescimento. 

Como é possível usar o capital de giro líquido em favor da empresa?

As seguintes atividades a seguir, visam trazem mais benfeitorias ao capital de giro líquido. Observe como pode se obter vantagens.

  • Ao oferecer o pagamento em menores parcelas ou por pagamento à vista, o período de retorno do capital é mais curto, sendo assim, muito melhor para a empresa e para seu capital de giro líquido.
  • O controle de estoque quando bem analisado e acompanhado, permite uma verificação mais assertiva daquilo que realmente importa, ou seja, que é necessário ser reposto porque possui mais saída, evitando encalhes de mercadorias.
  • Se possível, seria ideal poder combinar com fornecedores, a troca de produtos, desde que permanecessem em determinado período, assim a empresa ganha maior controle na validade daquilo que realmente vende e que gera lucro a empresa.
  • Negociar um período maior para pagamento de fornecedores. Embora essa empreitada possa ser um pouco desconfortável aos fornecedores, ajudará sua empresa a formar mais capital.

Ou seja, com relação a tudo isso, a sua equipe de finanças deve sempre estar muito atenta a tudo, já que cada ponto conta, e no final, os resultados trarão impactos nas decisões e performance da sua empresa.

Monitorar todas essas ações com relação ao capital, visa trazer maior equilíbrio e segurança aos negócios, pois ajuda a prever níveis de caixa ou qualquer outro tipo de quitação de endividamento, sem que para isso se entre num sistema de financiamento sobre financiamento para pagamento de dívidas.

Conclusão

Como se pode perceber bem, o capital de giro de forma geral, tem sido utilizado para o gerenciamento das finanças do negócio. Ajudando a pagar despesas fixas e/ou variáveis e que são relevantes, como:

  • As matérias primas.
  • Crescimento financeiro da empresa.
  • Despesas inesperadas.
  • Augueis.
  • Salários.
  • Entre outras necessidades inerentes ao negócio.

Já o cálculo do capital de giro líquido, fornece em sua essência a natureza e a condição de se poder acompanhar toda a progressão do negócio, ou seja, a sua linha de crescimento diante aos passivos e ativos. O que traz dessa forma, informações excelentes sobre todas as condições de liquidez da organização.

Talvez sim, seja um pouco confuso entender tudo isso dito aqui, mas saber atuar com o capital de giro e saber calculá-lo de acordo com suas reais necessidades, permite uma maior sustentabilidade do negócio em tempos de crise.

Agora, se não desejares ter todo esse trabalho descrito aqui, e se claro, quiser ser bem assessorado para que sua empresa tenha reais condições de prosperidade, então, venha falar conosco, consulte um de nossos especialistas que reside em sua cidade e que poderá te ajudar bastante de acordo com suas necessidades de expansão dos negócios, de maior desenvolvimento ou de criação de empresa.

E fique atento a outros temas do nosso blog, pois aqui você pode ter muito mais! Confira como deve ser o contrato de locação de uma empresa!

Fale conosco!

Forte abraço.

Portal Gerando Empreendedores
Portal Gerando Empreendedores
A primeira escola de empreendedorismo no Brasil formada por Contadores e Financistas Especializados. Somos o maior apoio paras as Micro e Pequenas Empresas.
Preciso de Ajuda