Como abrir um CNPJ: Passo a passo completo para criar um CNPJ e reduzir a tributação

Como abrir um CNPJ - foto de empresário e contador especializado firmando a abertura de CNPJ

NESSE ARTIGO VOCÊ VAI LER:

Como abrir um CNPJ? Essa é uma dúvida muito comum entre empreendedores de todas as partes do país e pode ser também a sua.

Foi pensando nisso, que o Gerando Empreendedores decidiu preparar um passo a passo completo explicando como fazer CNPJ de forma rápida e totalmente descomplicada.

Criar CNPJ e abrir empresa não precisa ser algo complexo como dizem por aí ou como a maior parte dos empreendedores imagina.

Por isso, queremos convidar você para esclarecer todas as suas dúvidas sobre a abertura de empresa, acompanhando este conteúdo até o final.

No entanto, se preferir, você também pode ir direto ao ponto, solicitando uma proposta de abertura de empresa, clicando em um dos botões abaixo para entrar em contato com nossos contadores.

   

O que é CNPJ e quem precisa abrir um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica?

Para que possamos começar, é muito importante que antes de mais nada, você compreenda o conceito de CNPJ – Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica.

Mas antes, vamos compreender o porquê vale a pena abrir um CNPJ quando é identificada uma grande oportunidade de negócio que é possível empreender com sucesso.

Muitos empreendedores autônomos ainda não entenderam que abrir um CNPJ é mais vantajoso por alguns fatores como economia de impostos e maiores chances de negociar com grandes empresas.

Para a Receita Federal, o CNPJ é um documento que compreende as informações cadastrais de todas as entidades de interesse das administrações tributárias da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.

Sendo assim, a legislação em vigor determina que todas as entidades domiciliadas no Brasil, inclusive as pessoas jurídicas equiparadas pela legislação do Imposto sobre a Renda, estão obrigadas a se inscrever no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica antes do início de suas atividades.

Diante da importância e relevância deste documento, além das empresas, diversas organizações estão obrigadas a possuir um CNPJ, incluindo:

  • Órgãos públicos em geral;
  • Condomínios;
  • Grupos e consórcios de sociedades;
  • Clubes e fundos de investimentos;
  • Representações diplomáticas;
  • Serviços notariais e de registro;
  • Fundos públicos e privados;
  • Incorporações imobiliárias;
  • Instituições bancárias e financeiras;
  • Igrejas e organizações religiosas.

Por sua vez, dentre as informações reunidas em um CNPJ, podemos destacar:

  • Razão Social e Nome Fantasia;
  • Atividades Desenvolvidas (CNAE);
  • Endereço Completo e Dados de Contato;
  • Natureza Jurídica;
  • Responsáveis Legais.

Sendo assim, agora que você já sabe o que é, podemos seguir em frente e conferir como abrir um CNPJ.

Como abrir um CNPJ - vetor deempresário fazendo um lançamento

Como abrir CNPJ grátis: vale a pena essa economia?

Em uma rápida pesquisa na internet, podemos encontrar muitos escritórios de contabilidade oferecendo serviços para abrir empresa ou abrir CNPJ grátis.

No entanto, precisamos reconhecer que não existe nada grátis, ou seja, de alguma forma o empreendedor precisará custear a abertura, ou seja, alguém vai pagar a conta.

Normalmente, esta conta chega através de:

  • Contratos de fidelização;
  • Falta de uma análise mais criteriosa na abertura de empresa;
  • Processos automatizados e robotizados.

Tudo isso, sem considerar que na maioria dos casos, o empreendedor só descobre depois que a “gratuidade” não cobre os custos com taxas da Junta Comercial ou aquisição do certificado digital.

Por isso, o empreendedor sensato não pode acreditar naqueles que prometem abrir CNPJ grátis.

É muito importante ficar atento e preferir os serviços de contabilidade que ofereçam diferenciais como:

  • Atendimento consultivo;
  • Contrato social bem elaborado;
  • Estudo tributário completo;
  • Análise das atividades e CNAEs;
  • Dentre outros diferenciais importantes.

O que é natureza jurídica e quais os melhores tipos de empresas para abrir CNPJ?

Quando o assunto é como abrir um CNPJ, uma das principais dúvidas dos empreendedores, diz respeito aos tipos de empresas que podem ser abertas no Brasil.

Sendo assim, para sanar esse tipo de dúvida, você precisa entender, mesmo que de forma resumida, o que é natureza jurídica e quais são os seus tipos.

Basicamente, temos as seguintes opções:

EI – Empresário Individual

  • Para abrir um CNPJ individual (sem sócios);
  • Responsabilidade do tipo ilimitada (maior risco);
  • Dívidas da empresa podem atingir o patrimônio pessoal do empreendedor.

SLU – Sociedade Limitada Unipessoal

  • Para criar CNPJ individual (sem sócios);
  • Responsabilidade limitada (menor risco);
  • Dívidas da empresa não podem atingir o patrimônio pessoal do empreendedor.

   

Sociedade Empresária Limitada

  • Para criar CNPJ com sócios;
  • Responsabilidade limitada (menor risco);
  • Dívidas da empresa não podem atingir o patrimônio pessoal dos empreendedores.

Sociedade Simples

  • Para criar CNPJ com sócios;
  • Responsabilidade limitada ou ilimitada;
  • Exclusivo para profissionais que desejam exercer determinadas profissões em sociedade.

Sociedade de Propósito Específico – SPE

  • Para criar CNPJ com sócios ou empresas;
  • Responsabilidade limitada (menor risco);
  • Dívidas da empresa não podem atingir o patrimônio pessoal dos empreendedores;
  • Muito usada na coprodução de infoprodutos, no mercado digital.

São inúmeras as opções, e, portanto, quando o assunto é qual o melhor tipo de CNPJ para abrir um negócio, não se esqueça de contar com o suporte e assessoria do Gerando Empreendedores.

Como abrir um CNPJ MEI?

Ao falar sobre como abrir um CNPJ, não podemos nos esquecer do CNPJ MEI, afinal, essa é a opção que costuma chamar mais atenção dos empreendedores de plantão.

O MEI – Microempreendedor Individual, é um tipo de empresa exclusivo para pequenos negócios, com faturamento anual de até R$ 81 mil e um funcionário.

O processo de abertura é totalmente simplificado e realizado através da internet, por meio do Portal do Empreendedor.

No entanto, mesmo sendo simplificado, o processo para abertura deste tipo de empresa costuma gerar uma série de dúvidas, levando os microempreendedores a fazer perguntas do tipo:

  • Como criar CNPJ MEI?
  • Como abrir uma empresa MEI? 
  • Como faço para abrir um MEI?
  • Como abrir CNPJ MEI?

Em meio a esse tipo de dúvida, o melhor mesmo é contar com o apoio e orientação de um contador, profissional que cuidará dos trâmites para abertura da empresa e também para mantê-la em dia com o fisco.

Como abrir um CNPJ ME?

ME é a sigla para Microempresa, um porte empresarial criado pela Lei Complementar 123/2006, que instituiu o Simples Nacional.

De acordo com a legislação em vigor, são classificadas como ME, as empresas cujo faturamento anual não ultrapasse o montante total de R$ 360 mil.

Como principal benefício garantido a esse tipo de empresa, temos a possibilidade de opção pelo Simples Nacional, regime tributário onde os impostos são pagos em guia única.

Para abrir esse tipo de empresa, o empreendedor precisará de alguns documentos básicos, como RG, CPF e comprovante de residência, e também, da assessoria de um contador.

Deseja obter mais informações, sobre como abrir uma Microempresa?

Entre em contato com o time de contadores e especialistas do Gerando Empreendedores.

Como abrir um CNPJ LTDA?

O CNPJ LTDA é aquele que oferece maior segurança jurídica aos empresários e empreendedores, pois mantém o patrimônio pessoal e o patrimônio da empresa separados.

Na prática, isso significa que os bens e recursos financeiros dos empresários não poderão ser alvo de penhora para quitação de dívidas da empresa.

São inúmeras as opções para quem deseja abrir uma empresa com CNPJ LTDA, incluindo:

  • SLU –  Sociedade Limitada Unipessoal;
  • Sociedade Empresária Limitada.

Por sua vez, o processo é basicamente o mesmo, o interessado deve separar alguns documentos básicos, como RG, CPF e comprovante de residência e na sequência, contratar um serviço de contabilidade.

Como abrir CNPJ Simples Nacional

Quando o assunto é como abrir um CNPJ, o Simples Nacional figura entre uma das opções preferidas dos empreendedores.

Criado pela Lei Complementar 123/2006, o Simples, permite o recolhimento de uma série de impostos em guia única, cujo valor é calculado sobre o faturamento das empresas.

Dentre os impostos contemplados pelo Simples Nacional, podemos destacar:

  • IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • CSLL – Contribuição Social sobre o Lucro Líquido;
  • PIS – Programa de Integração Social;
  • COFINS – Contribuição para Financiamento da Seguridade Social;
  • ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços
  • ISS – Imposto Sobre Serviços;
  • IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados;
  • CPP – Contribuição Previdenciária Patronal.

Podem optar por esse regime tributário todas as empresas que desenvolvem atividades permitidas no âmbito do Simples Nacional e que faturam até R$ 4,8 milhões por ano.

Para abrir CNPJ Simples Nacional também não existe mistério, desde que o empreendedor conte com o suporte e assessoria de um contador de confiança.

   

Como abrir CNPJ Lucro Presumido

Por sua vez, o empreendedor que busca informações sobre como abrir um CNPJ, também pode optar pelo Lucro Presumido.

No entanto, é importante destacar que, assim como o Simples Nacional, o Lucro Presumido é um regime tributário e não um tipo de empresa propriamente dito.

Podem optar por esse regime tributário todas as empresas que desenvolvem atividades permitidas no âmbito do Lucro Presumido e que faturam até R$ 78 milhões por ano.

Contudo, antes de escolher um regime tributário, não deixe de consultar um profissional de contabilidade, e assim, garantir que a sua empresa economize no pagamento de impostos.

Por fim, quando o assunto é como criar um CNPJ Lucro Presumido, o processo é basicamente o mesmo, ou seja, envolve a contratação de um contador e a separação de alguns documentos básicos.

Saiba como abrir um CNPJ rápido e sem correr riscos: guia completo

Você que tem o desejo de empreender, precisa conferir as nossas dicas sobre como fazer um CNPJ rápido e sem correr riscos.

Quando o assunto é como criar um Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, muitos não sabem por onde começar, quando na prática, tudo pode ser bem mais simples e rápido do que parece.

Seguindo algumas dicas e tomando as decisões corretas, você descobrirá que não existem mistérios, quando o assunto é como abrir um CNPJ.

Planejamento financeiro

Quando o objetivo é como abrir uma empresa, antes de mais nada, procure montar um planejamento financeiro completo e assertivo, que contribua para que os seus objetivos possam ser alcançados sem qualquer tipo de imprevisto.

Para isso, o ideal é que você monte um plano de negócios e elabore um planejamento financeiro completo, incluindo todos os custos e despesas para montar e estruturar o seu negócio.

Dentre outras coisas, é muito importante que você conheça o capital de giro que será necessário e também o prazo estimado para que seu negócio comece a gerar retorno.

Não tenha dúvidas, quando se fala em abertura de empresa, um planejamento financeiro bem estruturado é uma das chaves que leva empreendedores e empresários ao sucesso.

Definição do endereço comercial

Por sua vez, quando a pergunta é “o que precisa para abrir um CNPJ”, outro ponto muito importante, é a definição do endereço comercial, que pode ser próprio, alugado ou a depender do negócio, até mesmo um espaço de coworking.

O importante mesmo é ter um endereço fiscal aprovado na consulta de viabilidade e dentro das exigências do fisco.

Importante: Antes de definir o endereço comercial da sua empresa, não deixe de consultar um contador, pois assim, você estará garantindo segurança e em alguns casos, até mesmo, economia de impostos.

Documentos para abrir CNPJ

Para abrir uma empresa, você também precisará separar alguns documentos importantes, incluindo:

  • RG e CPF do empresário e sócios (caso possua);
  • Certidão de casamento (caso possua);
  • Cópia do comprovante de residência;
  • Cópia do comprovante de endereço da futura empresa;
  • Cópia do IPTU ou Inscrição Imobiliária do imóvel.

A documentação listada acima, é essencial para que a contabilidade possa cuidar de todos os trâmites relacionados à abertura e legalização da empresa perante os órgãos públicos.

Definição do nome empresarial

Outro ponto muito importante que o empreendedor que deseja abrir uma empresa precisa levar em consideração, é a escolha do nome empresarial (Razão Social) e também do nome fantasia da empresa.

Antes de entrar com o pedido para registro da empresa na Junta Comercial, é recomendável que o empreendedor realize uma consulta no INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial

A consulta em questão tem por objetivo verificar se já não existe outra empresa registrada com o mesmo nome e também para que o empreendedor aproveite para registrar o nome e marca da sua empresa, evitando possíveis usos indevidos no futuro.

Elaboração do contrato social e acordo de sócios

Por fim, para empresas constituídas em sociedade, não podemos nos esquecer da elaboração do contrato social e do acordo de sócios, dois documentos de extrema importância.

Contrato Social: O contrato social é o documento que será utilizado para registro da empresa na Junta Comercial e dentre outras informações deve conter:

  • Nome da empresa;
  • Natureza jurídica da empresa;
  • Qualificação e função dos sócios;
  • Endereço da empresa;
  • Atividades desenvolvidas (CNAE);
  • Valor do capital inicial;
  • Participação de cada sócio.

Acordo de Sócios: Por sua vez, o acordo de sócios é um documento firmado entre as partes, listando os direitos e deveres de cada parte dentro da sociedade e tem por diferencial, a confidencialidade de dados, já que este não é público.

 

   

Passo a passo completo sobre como abrir um CNPJ

Agora que você já conferiu uma série de dicas importantes sobre como fazer um CNPJ, é hora de conhecer o passo a passo completo e os trâmites que envolvem a abertura de uma empresa.

No entanto, as informações que serão apresentadas neste tópico, são apenas para o seu conhecimento e esclarecimento sobre o assunto, uma vez que caberá ao serviço de contabilidade contratado, cuidar de todos os passos a seguir.

Sendo assim, vejamos como a abertura de uma empresa, funciona na prática:

1. Registro na Junta Comercial ou no Cartório de Pessoas Jurídicas

Quando o assunto é a abertura de empresa, o primeiro passo para legalização do empreendimento, é o seu registro na Junta Comercial.

A Junta Comercial funciona como uma espécie de cartório, onde são registradas as operações de abertura, alteração contratual e encerramento de empresas e documentos como o Contrato Social.

Após o registro do contrato social na Junta, a empresa recebe um NIRE – Número de Identificação no Registro de Empresas, sendo, portanto, reconhecida a sua existência.

No entanto, para que a pessoa jurídica receba autorização para entrar em funcionamento e desenvolver suas atividades, outros documentos ainda serão necessários.

2. Registro na Receita Federal

Após o registro na Junta Comercial, a contabilidade deve ingressar com um pedido de registro da empresa junto à Receita Federal.

É nesta etapa que será emitido o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, documento obrigatório para todas as empresas e também para outros tipos de organização, conforme detalhamos anteriormente.

3. Registro na Secretaria da Fazenda

Por sua vez, caso a empresa em questão desenvolva atividades de indústria ou comércio, será preciso obter uma Inscrição Estadual, documento cuja responsabilidade pela emissão é da Secretaria de Fazenda – SEFAZ.

Salvo algumas exceções, empresas prestadoras de serviços ficam dispensadas de Inscrição Estadual.

4. Registro na Prefeitura Municipal para Inscrição Municipal

Para registro e legalização da empresa perante a esfera municipal, a contabilidade também precisará providenciar a emissão de dois documentos de extrema importância:

  • Inscrição Municipal;
  • Alvará de Localização e Funcionamento.

O Alvará de Localização e Funcionamento é obrigatório para toda e qualquer pessoa jurídica, assim como o CNPJ, enquanto que a Inscrição Municipal só costuma ser exigida das empresas prestadoras de serviços.

É importante saber que o MEI está dispensado do alvará e licença, passando o CCMEI a ter validade em seu lugar.

5. Cadastro das licenças e alvarás pertinentes

Por sua vez, em alguns casos, também pode ser necessário obter algumas licenças e alvarás específicos, incluindo:

  • Alvará do Corpo de Bombeiros;
  • Licença da Vigilância Sanitária;
  • Licença Ambiental;
  • Dentre outros tipos de licenças.

6.Aquisição do certificado digital

Por fim, também é preciso destacar que o empreendedor que deseja fazer um CNPJ, precisará investir na aquisição do certificado digital.

O certificado digital é uma espécie de assinatura eletrônica, utilizada na abertura da empresa e também posteriormente, para comunicação com o fisco, consulta de informações, emissão de notas fiscais e envio de declarações.

Normalmente, é preciso adquirir dois tipos de certificado, sendo um do modelo e-CPF (utilizado para abrir CNPJ online) e outro e-CNPJ.

Como abrir um CNPJ: quanto custa e qual o prazo de abertura de CNPJ?

Conforme destacamos anteriormente, abrir um CNPJ envolve alguns custos, e, portanto, não se pode acreditar na promessa de abertura gratuita de empresa.

Dentre os custos envolvidos na abertura de uma empresa, destacam-se:

  • Honorários do contador;
  • Aquisição do certificado digital;
  • Taxa de registro na Junta Comercial.

Considerando os itens em questão, precisamos alertar que os custos podem variar em função de fatores, como a região de abertura da empresa e também a natureza jurídica do empreendimento.

Com a criação da VRE/Redesim pelo Governo Federal, através da Lei Nº 11.598 de 3 de dezembro de 2007, abrir uma empresa no Brasil, ficou muito mais simples.

Por sua vez, todos os estados brasileiros, mais o Distrito Federal, têm o prazo médio para abertura de CNPJ de cerca de 30 dias, podendo variar para mais ou para menos, a depender de alguns fatores.

Pensando em abrir uma empresa? 

Conte com o apoio do nosso time de contadores e especialistas! Entre em contato conosco e solicite um orçamento sem compromisso.

Como abrir um CNPJ em São Paulo: qual o prazo para criar um CNPJ no município de São Paulo

Abrir uma empresa no município de São Paulo está mais fácil ainda, por conta da criação do sistema Balcão Único, que simplifica ainda mais a constituição da empresa, integralizando vários órgãos.

O Balcão Único é uma parceria entre os Governos Federal, Estadual e Municipal e simplifica em um formulário único, as etapas de abertura da empresa.

São essas etapas, a integração de dados da consulta de viabilidade locacional, o registro, a inscrição e o licenciamento da empresa.

Com essa integração, é possível abrir um CNPJ com muito mais agilidade, sendo possível fazer o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica em até 24 horas, dependendo do caso.

Fazer um CNPJ pelo Balcão Único, só é possível para os tipos de empresas, empresário Individual e Sociedade LTDA.

Mesmo com todas essas facilidades, constituir uma empresa vai além do registro nos órgãos.

É necessário um planejamento, um estudo tributário, a elaboração de um bom contrato social e acordo de sócios, entre vários outros fatores.

Sendo assim, contar com uma contabilidade para executar o passo a passo da abertura de CNPJ é mais do que essencial, pode-se dizer que é obrigatório, quando se pensa em abrir uma empresa de sucesso.

Como abrir uma empresa -Contabilidade - vetor de empresários de sucesso com quebra cabeça

3 dicas de como abrir um CNPJ rápido e ter uma empresa de sucesso

Neste tópico, separamos 3 dicas para você que chegou até aqui em busca de informações sobre como tirar CNPJ.

Confira com atenção cada dica, para evitar imprevistos e ter mais chances de sucesso com o seu futuro empreendimento.

Contador especializado para abertura de empresa e contabilidade: Ao planejar a abertura da sua empresa, procure um contador ou escritório de contabilidade com especialização na abertura de empresa no seu segmento.

Com o apoio de especialistas, você receberá toda a orientação e suporte que precisa para fazer as melhores escolhas e tomar decisões mais assertivas, constituindo assim, uma empresa lucrativa e organizada.

Planejamento tributário: Dados do IBGE apontam que 95% das empresas pagam mais impostos que o necessário, em função da falta de orientação e assessoria contábil especializada.

Não podemos negar que a legislação fiscal brasileira é complexa e repleta de particularidades que confundem o empreendedor, incluindo seus três diferentes regimes de tributação: 

  • Simples Nacional
  • Lucro Presumido
  • Lucro Real.

 Em meio a esse contexto, para pagar menos impostos, um planejamento tributário completo elaborado por uma contabilidade especializada é a única opção.

Mentalidade empreendedora: Por fim, não podemos nos esquecer da mentalidade empreendedora, características que é um ponto-chave dos empreendedores de sucesso.

O empreendedor precisa ser determinado, saber onde quer chegar, ter desejo de aprender dia após dia e se mostrar preparado para os desafios que precisará enfrentar.

A importância da organização da contabilidade após abrir empresa

Para fechar o conteúdo, agora, que você já sabe como ter CNPJ, é hora de destacarmos a importância da contabilidade no pós abertura da sua empresa.

Muitos empresários e empreendedores pensam que o contador é importante apenas na abertura da empresa, contudo esse pensamento é um grande equívoco.

A gestão contábil, tributária, fiscal, trabalhista e financeira desenvolvida por um contador ou assessoria contábil especializada é fundamental para que as empresas permaneçam em dia com o fisco, evitando multas e outras sanções.

Por isso, se você tem ou pretende abrir uma empresa, não deixe de contar com o apoio e suporte do nosso time de contadores e especialistas.

Conte com o Gerando Empreendedores: Clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco!

   

Abrir Empresa

VANTAGENS DE ABRIR EMPRESA Vai economizar impostos Proteção do seu patrimônio Ter um CNPJ e nome empresarial (marca) Conseguir novos contratos e crescimento Crescer com

Leia mais »

Contabilidade Especializada

VANTAGENS DACONTABILIDADE Clareza em todo o processo Organização do Negócio Contabilidade especializada em seu segmento Pagar menos impostos de acordo a atividade Entregas de guias

Leia mais »

São Paulo

Gerando Empreendedores em São Paulo O Gerando Empreendedores vem prestando apoio empresarial para muitas empresas, desde São Paulo, até os extremos do Brasil, como região

Leia mais »

Você precisa do Gerando Empreendedores para:

✔️ Abrir uma empresa

✔️ Mudar de MEI para ME

✔️ Trocar de Contador (Contabilidade Completa)

Ainda te ajudamos em:

✔️ Planejamento para Redução de Impostos

✔️ Gestão do seu financeiro

✔️ Mentorias para organização do seu negócio

✔️ Consultorias Especializadas em seu segmento

Preencha o formulário Orçamento em 3 passos

Conte conosco e solicite uma proposta pelo formulário abaixo em 3 passos.

* ESPERE! *

VOCÊ PRECISA PAGAR MENOS IMPOSTOS E ORGANIZAR A SUA EMPRESA!
Deixe a gente te ajudar!

Orçamento em 3 simples passos!