Balanço patrimonial: o que é, para que serve e como analisar?

balanço patrimonial - o que é e como analisar

Muitos se perguntam sobre o que é balanço patrimonial, e hoje, nossa escola de empreendedores orgulhosamente apresenta mais sobre o assunto, por isso, fique bem atento!

Balanço contábil é o mesmo que o significado de balanço patrimonial empresarial, e tem relação com um relatório feito que envolve a contabilidade que é desenvolvido após todas as movimentações financeiras por período.

Conhecidas como fatos contábeis, esse relatório dá uma base essencial de conhecimento, resultados e atualizações sobre o negócio em questão. Da mesma forma, esses dados devem constar no livro diário da empresa.

E o que tem no balanço patrimonial?

Vamos lá, nesse balanço contábil se destacam todas as situações patrimoniais da empresa. Além disso, também há nele:

  • Bens da empresa.
  • Ativos da empresa
  • Passivos da empresa.
  • Direitos da empresa.
  • Obrigações da empresa.
  • Investimentos da empresa.
  • Fontes de recurso da empresa.
  • Dentre outros informativos de natureza importante.

Por este motivo que ter um balanço patrimonial feito por uma contabilidade experiente, faz com que a gestão e o planejamento da empresa sejam muito mais seguros e assertivos de diversos modos.

Compreende isso?

Importância do balanço patrimonial para os negócios

Pode parecer tolice, mas não é, e o que vamos dizer aqui tem total necessidade de atenção e relevância por um simples motivo! O balanço patrimonial traz a verdade sobre todos os registros de sua empresa, isso quer dizer que classifica a empresa em muitos níveis de interação, performance, investimentos e resultados.

O que poderia ser mais completo do que isso?

Será este balanço que irá te dá maior força para entender o que é preciso mudar, melhorar, excluir e inserir em seus negócios.

Compreendido até aqui?

Vantagens de ter um balanço patrimonial

  • Com um balanço patrimonial você consegue entender e conhecer, claro, todos os direitos, bens, obrigações e demandas de sua organização, pautados por períodos, isso é excelente porque análises sobre os altos e baixos do mercado, do comércio, dos períodos podem favorecer as vendas em muitos sentidos, como por exemplo, épocas que será necessário divulgar mais, ou menos, períodos em que se terá de reduzir custos ou mudar algo em particular. E tudo isso acaba sendo de grande força para os negócios, pois é como um mapa no meio de um oceano azul.
  • Um balanço patrimonial também mostra quais as suas melhores fontes de recursos e os mais fortes investimentos, que valem a pena!
  • É possível com ele e através dele, verificar a evolução da empresa, acompanhando os resultados desde quando alguma estratégia foi implementada, até o momento atual, validando todos os pontos favoráveis do negócio ou da ação em particular para um maior e melhor posicionamento.
  • Planejamento tributário assertivo.
  • Fornece melhores informações (stakeholders)- áreas ligadas à: gestão de projetos de uma empresa, comunicação social ou relações públicas, administração, governança corporativa, planejamento estratégico, ou seja, envolve todos os processos importantes para o negócio, seja de caráter temporário ou não.

 

Exemplo sobre o que é balanço patrimonial e balanço ativo e passivo

É simples de compreender. Todos os ativos de um negócio, são bens e direitos que se possui.

Já os passivos, é tudo aquilo que envolve as obrigações com terceiros (fornecedores, parceiros) e com sócios, acionistas, diretores e etc.

dicas sobre balanço patrimonial

Assim, os valores são agrupados em contas. Tudo para tornar mais fácil a análise de todas as áreas. É bom destacar aqui que esses cálculos e triagens precisam começar pela parte mais líquida.

O que quer dizer a situação da liquidez é “pesada”/ analisada constantemente. Ou seja, a analise deve se iniciar pelos indicadores que se transformam mais rápido em dinheiro. Essa é a parte superior desse balanço.

As áreas menos líquidas (que demoram mais a se transformar em dinheiro), ficam na parte de baixo.

Nessa estrutura, dá para se focar em dois pontos principais:

  • Visão patrimonial do negócio.
  • E todos os recursos e os investimentos.

De forma resumida e bem objetiva, os ativos se separam em: circulantes e não circulantes. Vamos entender melhor?

Ativos circulantes de uma empresa

São contas como:

  • Banco
  • Estoque
  • Contas a receber.
  • Caixa
  • Etc.

Ativos não circulantes de uma organização

Esses por sua vez, são compostos pelos bens de direitos acima de 12 meses. Se destacam como sendo de mais longo prazo, como:

  • Bens,
  • Recursos de investimentos,
  • Etc.

Passivo circulante de uma organização

Fornecedores, empréstimos, impostos, entre outros, fazem parte desse passivo, e tem prazo de vencimento de até 12 meses.

Passivo não circulante de uma organização

Tudo o que for acima de 12 meses, fica nesse passivo.

Exemplo: todos os empréstimos que são de longo prazo.

Passivo líquido de uma empresa

  • Envolve aqueles recursos que foram investidos através dos sócios,
  • E as reservas de capital.

Balanço patrimonial exemplo

Como você já sabe, o balanço te dá um “norte” sobre os bens, direitos e deveres da empresa de curto, médio e longo prazo.

E para clarificar ainda mais sobre o assunto, damos alguns exemplos sobre esse balanço patrimonial.

Na parte dos bens, por exemplo, é importante destacar tudo aqui que pertence à empresa, como: máquinas, produtos, equipamentos… ou seja, tudo que seja de sua posse de uso.

Na parte de direitos, envolve-se bens que não estão em uso atual, mas que pertencem a empresa. Exemplo: recursos depositados em um banco, o que significa dizer que apesar de pertencer a empresa, não está em seu poder em determinado momento.

Na parte das obrigações da empresa, ficam destacados aquilo que a empresa faz uso e que por sua vez, precisa pagar para se ter aquele direito ou bem. Exemplos: pagamento de funcionários, obrigações fiscais, tributos, etc.

A falta de balanço na contabilidade traz problemas para a empresa?

Primeiro que existe sim, a obrigatoriedade da escrituração contábil, e por isso, naturalmente se faz urgente ter um balanço patrimonial.

Portanto, se você não tiver o balanço em sua empresa, poderá ter:

  • Dificuldades em usar de defesa contra processos tributários: nesse caso, o balanço é um documento importantíssimo que defende a empresa em muitos casos.
  • Se não houver demonstrações contábeis capazes de evidenciar o lucro, os rendimentos isentos terão de ser limitados a apenas 8 por cento do que se faturou, para empresas do comércio e indústrias, e de 32 por cento, para as empresas de serviços.
  • Dificuldades em analisar o desempenho da empresa, através dos relatórios e resultados empresariais.
  • Dificuldades em realizar requerimentos de recuperação judicial, pois sem conseguir fazer os devidos levantamentos, não se obterá informações e provas consistentes da realidade da empresa.

Como você pode perceber, se faz necessário realizar um balanço patrimonial em sua empresa, e claro, poder contar com contadores experientes. ACHE UM CONTADOR EM SUA CIDADE E SEJA ATENDIDO!

Estruturação de um balanço patrimonial

balanço patrimonial analise vertical

Se você deseja ter rentabilidade, e claro que você deseja isso, pode contar com um de nossos parceiros especialistas em contabilidade e na parte financeira.

Para se conseguir isso, é necessário que os recursos, tenham um custo menor do que a rentabilidade.

Por isso, cada empresa é analisada de forma individual, por suas “dores” e necessidades. Assim serão identificados se é necessário conseguir mais prazo com os fornecedores, se será preciso pegar uma linha de crédito e se isso vale a pena, entre outras ações que somente devem ser tomadas, com a ajuda e assessoria de uma contabilidade experiente.

A imagem colocada lá em cima, traz a ideia de como deve ser a estrutura de um balanço patrimonial. Também nessa mesma estrutura, é preciso levar em conta:

  • A maturação dos investimentos de acordo com os prazos.

Uma série de coisas devem ser analisadas, como você mesmo pode perceber. E tudo isso só pode ser visto, se esse balanço patrimonial for construído de forma equilibrada e indicada, pois nessa mesma estrutura se compõe:

Pontos de rentabilidade de um balanço

  • Retorno sobre os ativos (ver com um contador como se dá essa fórmula).
  • Giro de ativos (ver com um contador como se dá essa fórmula).
  • Retorno sobre o patrimônio líquido (ver com um contador como se dá essa fórmula).

Pontos de liquidez de um balanço

  • Liquidez corrente (ver com um contador como se dá essa fórmula).
  • Liquidez geral (ver com um contador como se dá essa fórmula).
  • Liquidez seca (ver com um contador como se dá essa fórmula).
  • Liquidez imediata (ver com um contador como se dá essa fórmula).

Fatores de endividamento no balanço patrimonial

  • Endividamento (ver com um contador como se dá essa fórmula).
  • Grau de endividamento (ver com um contador como se dá essa fórmula).

Portanto, somente com a ajuda e assessoria contábil e financeira adequadas, é que se pode ter sucesso e ser direcionado as melhores decisões. É como a frase que diz: “O sucesso tem seu preço e este possui seu valor”!

Portal Gerando Empreendedores
Portal Gerando Empreendedores
A primeira escola de empreendedorismo no Brasil formada por Contadores e Financistas Especializados. Somos o maior apoio paras as Micro e Pequenas Empresas.
Preciso de Ajuda