Administração financeira: noções e conceitos

vamos falar da administração financeira do seu negócio.

O que é administração financeira? Quais são as noções e os conceitos da administração financeira? Se você é empreendedor e tem uma empresa ativa, não tenha dúvida alguma de que esse tema é extremamente relevante para você e para o sucesso de seu negócio!

A administração financeira tem uma função primordial para a saúde do seu negócio. Neste conteúdo preparado por nossos especialistas especialmente para você, vamos explicar os conceitos e abordar tudo sobre esse tema. Afinal, a gestão financeira da sua empresa precisa ser muito bem feita, dia a dia, para que os resultados apareçam e você alcance o sucesso desejado.

O que é administração financeira

É fundamental que todo empresário tenha boas noções sobre a gestão financeira do seu negócio, pois, assim, ele poderá aprofundar o tema com o seu contador e tomar decisões ainda mais assertivas.

A gestão financeira de um negócio vai muito além da simples conta do que entra e do que sai. É um grande erro acreditar que o resultado de uma empresa está no resultado desse conta, mesmo porque os compromissos financeiros são enormes, sempre há contas a receber e a pagar a prazo, há impostos a saldar, custos fixos e variáveis, enfim, a vida financeira de uma empresa, independente de seu tamanho, se trata de uma equação difícil e cheia de detalhes.

A administração financeira deve ser utilizada justamente a favor do negócio, buscando sua saúde monetária. Uma empresa bem administrada financeiramente, com uma gestão eficiente, profunda, atenta e detalhista, faz toda a diferença e é muito mais competitiva.

Assim, a adm. financeira é um conjunto de processos e ações que planejam, controlam, analisam e fazem a melhor gestão dos recursos de uma empresa. Como o próprio nome diz, é preciso administrar melhor os recursos de uma empresa para que se possa tirar mais proveito deles.

Assim como precisamos administrar a nossa vida financeira, separando recursos para as contas, administrando o pagamento dos boletos e poupando para a realização de um sonho de consumo, a administração financeira empresarial faz a mesma coisa, no âmbito corporativo.

Os objetivos da administração financeira

Uma administração financeira bem feita tem como principal objetivo gerir os recursos em prol do próprio negócio. Contas em dias e recursos bem aplicados, gerando rendimentos, significam melhores resultados financeiros.

Imagine que sua empresa precisa comprar uma determinada matéria prima essencial para a produção, e o fornecedor oferece um desconto promocional para pagamento à vista. Esse desconto é vantajoso para o seu negócio? Há dinheiro em caixa para um pagamento que estava previsto para ser feito em parcelas suaves? Qual o ganho que a empresa terá? É a administração financeira quem vai avaliar tudo isso e oferecer as informações necessárias para a melhor tomada de decisão.

Fazer a gestão financeira e planejar ações ajudam no alcance de melhores resultados, e isso permitirá o crescimento do negócio. Controlar gastos e se preparar para os investimentos é condição básica para qualquer negócio dar certo. Vale ressaltar que a administração financeira visa o presente, mas sempre está de olho no futuro! Planejar é preciso!

As principais funções da administração financeira

  • A administração financeira tem como uma de suas principais funções a análise detalhada dos resultados financeiros do negócio.
  • Planejamento de ações e procedimentos em busca de melhorias financeiras.
  • Estudo sobre a captação de recursos financeiros, caso isso seja necessário ou esteja nos planos da empresa para impulsionar seu crescimento.
  • Estudo para aplicação dos recursos financeiros existentes, buscando maior rentabilidade.
  • Análise da concessão de crédito para clientes e gestão dos créditos concedidos, sempre em busca de melhores resultados.
  • Controle total do saldo do caixa.
  • Controle de todos os recebimentos e dos pagamentos, incluindo aqueles que são feitos a prazo.
  • Controle dos gastos em geral.
  • Gestão e controle dos pagamentos de impostos e despesas operacionais (gestão tributária).

Administração financeira pessoal X administração pessoal

Um dos maiores pecados que um empreendedor pode cometer – e dos mais comuns, diga-se de passagem – é misturar suas finanças pessoais com os recursos de sua empresa. Acredite, não há sequer um especialista na face da Terra que irá concordar com essa prática. É um erro que geralmente traz problemas para as pessoas física e jurídica.

Pessoas que não administram suas finanças acabam se desorganizando e, muitas vezes, gastam mais do que ganham. Atrasam contas, o que gera multas e juros, e isso significa desperdício de dinheiro. Compram mais do que precisam no mercado, jogando dinheiro na lata do lixo. Enfim, é preciso administrar o nosso dinheiro para que possamos manter em dias nossos compromissos e para que tenhamos qualidade de vida.

Na administração financeira pessoal, devemos acompanhar nossas receitas e despesas, comparar preços antes de sair comprando algo, controlar os desejos de consumo, poupar o quanto possível, enfim, é preciso se planejar para o dinheiro não acabar antes do fim do mês. O principal conselho dado por especialistas é: não gaste mais do que você tem.

A diferença, na administração financeira empresarial, é que uma má gestão financeira pode atrapalhar e até mesmo inviabilizar um negócio, fazendo com que a empresa precise fechar suas portas.

Quando o empresário mistura as duas coisas, ele perde o controle de ambas as contas. E os problemas surgirão, não tenha dúvidas disso.

A administração financeira e as MPEs

As micro e pequenas empresas devem promover a administração financeira empresarial? Claro que sim! Planejar é fundamental para quem tem obrigações financeiras, independente do tamanho destas obrigações. Se há o que pagar, o que receber, se há recebimentos e pagamentos a prazo, se há compromissos e uma rotina financeira, tem que haver gestão financeira.

A MPE poderá identificar erros e inconsistências, corrigindo-os e evitando prejuízos. Poderá se planejar para crescer, porque para isso é preciso de recursos disponíveis. Enfim, a micro ou pequena empresa vai poder planejar seus passos, em busca de um melhor resultado.

Uma boa administração financeira empresarial, como você já sabe, traz resultados e evita desperdícios. Em uma pequena empresa isso pode ser a diferença entre manter as portas abertas ou não.

As vantagens da gestão financeira

  • Antecipar problemas futuros, evitando-os.
  • Aproveitamento de oportunidades para melhoria dos resultados.
  • Mais recursos para aplicar no negócio.
  • Evita desperdícios, como pagamento de multas e juros de boletos vencidos.
  • Acesso a investimentos mais rentáveis, o que significa mais dinheiro em caixa.
  • Melhor planejamento tributário.
  • Mais informações para a tomada de decisões gerenciais.

5 conceitos básicos da administração financeira nas empresas

O trabalho de gestão financeira é grande e pesado, e deve ser feito por um profissional que tenha essa expertise, como um contador especializado. Você poderá também terceirizar essa função. Mas há cinco conceitos básicos sobre o tema. Vamos abordá-los agora.

As contas a pagar e a receber

Controlar as contas a pagar e a receber é absolutamente relevante, concorda?. O fluxo de caixa deve receber total atenção, para que não haja sobras e, principalmente, falta de recursos.

O controle do estoque 

O estoque da empresa e sua vida financeira estão absolutamente interligados. Controlar esse estoque é fundamental para que não haja falta de insumos, mas também não aconteça desperdícios. Comprar mais chocolate em pó do que é preciso pode significar prejuízo para uma confeitaria, por exemplo. Controlar o estoque preserva o fluxo do caixa.

Definição de custos e preços 

Os custos e a precificação dos produtos ou serviços oferecidos pela empresa precisam estar em acordo com os conceitos da administração financeira empresarial. Se o preço do bolo de chocolate da confeitaria está baixo demais, isso significará prejuízo, e ainda que o preço esteja mais alto do que o bom senso estabelece , haverá perdas também. Por outro lado, além de vender bem, a empresa também precisa fazer suas compras da forma mais vantajosa possível. Isso tudo interfere verdadeiramente nos resultados.

O controle sobre o lucro

Sua empresa está alcançando as metas estabelecidas? Se a resposta é não, por quê? O que poderá ser feito para um melhor resultado? E se o lucro desejado é atingido, ou até mais do que isso, o que fazer? Expandir o lucro é uma necessidade, mas isso não acontece da noite para o dia, em um passe de mágica. É preciso controlar essa questão.

A destinação do lucro líquido

O que fazer com o lucro líquido do negócio? Quanto será retido e quanto será distribuído aos sócios? Quanto desse lucro é importante utilizar na empresa, e para o quê? Vale à pena aplicar parte do lucro no mercado financeiro? Analisar todas essas questões é fundamental, e é isso que a gestão financeira fará, oferecendo ao empresário informações para a melhor tomada de decisões.

Dicas de planejamento financeiro

  • Projete as receitas e as despesas da empresa.
  • Acompanhe as movimentações financeiras muito de perto e constantemente.
  • Faça uma melhor gestão dos gastos da empresa: o que pode ser eliminado?
  • Estude diferentes cenários.
  • Estipule metas e objetivos.
  • Meça sempre os resultados.

O papel do contador na administração financeira

O contador tem um papel fundamental em todo essa questão. Além de manter todas as obrigações financeiras em dia e fazer toda a análise contábil do negócio, ele poderá utilizar de sua expertise para oferecer ao empresário informações detalhadas e profundas do negócio.

O contador vai enxergar oportunidades ao promover a análise contábil da empresa. A contabilidade moderna, a chamada contabilidade gerencial, trabalha justamente para ampliar seus resultados em prol do negócio.

Um contador experiente e especializado certamente funcionará como um conselheiro para o empresário e oferecerá uma visão muita mais verdadeira da saúde financeira da empresa. Seus conhecimentos e sua expertise profissional serão de grande valia para o trabalho de administração financeira de seu negócio.

Vamos conversar? Quero conversar com um contador especialista.

Portal Gerando Empreendedores
Portal Gerando Empreendedores
A primeira escola de empreendedorismo no Brasil formada por Contadores e Financistas Especializados. Somos o maior apoio paras as Micro e Pequenas Empresas.
Preciso de Ajuda