Negócios lucrativos: ideias e segmentos para investir

Não importa se por necessidade ou pelo sonho de ser dono de seu próprio negócio, mas todo empreendedor acorda e vai dormir pensando no lucro. Afinal, um negócio lucrativo é fundamental para a sobrevivência do empresário e de sua família e, claro, para a continuidade da empresa.

Negócios lucrativos: ideias e segmentos para investir é o oportuno tema que o Gerando Empreendedores traz para você, que quer empreender, sonha com bons lucros, mas não sabe ainda onde investir. Afinal, não bastam capital para investir e muita disposição para trabalhar. São precisos, também, e sobretudo, uma boa ideia e foco.

O que é lucro em um negócio?

Que todo empreendedor quer um negócio lucrativo, disso ninguém tem dúvida. Mas é preciso pensar um pouco mais além quando se fala em lucratividade. Primeiro, vamos entender a diferença entre rentabilidade e lucratividade, conceitos diferentes, que causam muita confusão entre empreendedores.

A rentabilidade nada mais é do que a relação entre o lucro líquido (o que sobrou) e o investimento realizado. A receita deve ser maior que os gastos e despesas, e se isso acontecer significa que a operação é rentável. Uma empresa ou um produto é mais rentável na medida em que acontecer um retorno mais rápido sobre o capital investido.

  • Calcula-se da seguinte forma: Rentabilidade = lucro líquido X 100 ÷ investimento feito

A lucratividade, por sua vez, é o ganho que se alcança com a venda do produto ou serviço em relação à receita total. O lucro é o que sobra depois de excluídos todos os custos relacionados aquele serviço ou produto vendido.

  • Calcula-se da seguinte forma: Lucratividade = lucro líquido X 100 ÷ receita total

Imagine uma empresa que vende quentinhas em sistema de delivery. Digamos que a unidade, com arroz, feijão, salada e frango, é vendida por R$ 15,00, enquanto os alimentos para produzir aquela quentinha custam R$ 6,00. O lucro é R$9,00? Mas e os custos com transporte, funcionários, marketing, gás, luz, comissão do aplicativo de delivery, aluguel da sede da empresa, investimentos com maquinaria e etc.? Quanto tempo essa empresa levará para ter o retorno do capital investido em sua abertura? A empresa tem lucro? É rentável? É preciso pensar nisso porque o conceito do lucro está longe de se resumir a conta do que entra e do que sai no negócio.

Uma empresa lucrativa é aquela que se mantém no mercado e gera renda satisfatória para os seus acionistas.

Falar com um Contador Especialista

Negócios Lucrativos em alta no mercado

Para um negócio ser lucrativo, precisa ser muito bem gerido. Mas há setores que estão em alta, por uma série de razões, como sazonalidade, cultura, necessidade social, questões econômicas e etc. No momento, estão em alta os negócios relacionados à internet. Em geral, podem ser iniciados com pouco capital, o que é uma tremenda vantagem, certo? Os principais negócios em alta relacionados à internet são:

  • Agência de marketing digital;
  • Produtora de blogs e sites;
  • E-commerce;
  • Consultoria digital;
  • Importação de produtos;
  • Dropshipping (o revendedor comercializa produtos estocados no fornecedor);
  • Infoprodutos (e-books, apostilas digitais, cursos, etc.);
  • Marketing de afiliados (publicidade na internet).

As ideias mais populares de negócios lucrativos

Seja pela identificação com a área, uma maior facilidade de investimento ou mesmo pelo retorno financeiro que costuma dar, há ideias de negócios que são campeãs de popularidade entre os empreendedores brasileiros. São elas:

  • Distribuidora de bebidas;
  • Escritório de consultoria;
  • Representação comercial;
  • Fornecimento de refeições para viagem (delivery);
  • Frete e transporte de pequenas cargas;
  • Pet shops;
  • Hamburgueria;
  • Centro de estética;
  • Bar;
  • Loja de cosméticos e perfumaria;
  • Creche;
  • Lanchonete.

Negócios lucrativos com baixo investimento inicial

Negócios lucrativos não significam, necessariamente, que é preciso abrir uma empresa com altos investimentos. Nada disso! É possível abrir um negócio lucrativo sem gastar muito. E com os lucros aferidos, você poderá investir na empresa e crescer, alcançando resultados cada vez mais relevantes e maiores.

Algumas ideias de negócios lucrativos com pouco investimento inicial:

  • Hamburgueria: É o ramo da moda, e é possível começar na cozinha da sua própria casa. Mesmo com uma produção caseira, não deixe de investir na embalagem do produto, que pode causar uma boa uma má impressão no consumidor, chamando sua atenção. Aposte em molhos e acompanhamentos, e lembre-se do público que não come carne, oferecendo uma opção vegetariana.
  • Alimentação saudável: O mercado vegano já é uma realidade e cresce 40% ao ano no Brasil. Cada vez mais pessoas eliminam a carne do seu dia a dia, e a substituem por uma alimentação balanceada e baseada em legumes e verduras. Apostar nesse ramo é uma excelente opção, mas é preciso oferecer qualidade porque os consumidores são exigentes. Você pode produzir refeições ou lanches, e há diferentes nichos de atuação, como o mercado de alimentos sem glúten, sem lactose, orgânico e outros.
  • Agência de marketing digital: o campo é gigantesco, pois todo negócio precisa estar nas mídias sociais e ocupar seu espaço na internet. Expertise, um computador e banda larga são as necessidades iniciais e básicas de uma agência de marketing. Você pode se especializar em criação de sites, design digital, redação de conteúdo, marketing de afiliados e tantas outras atividades dessa área.

Mas dicas:

  • Escritório de consultoria: Você tem uma expertise? Sabe, por exemplo, como montar um consultório de dentista? É especialista em seguro de vida? Entende como ninguém de sistemas de segurança? Muitas empresas precisam da sua consultoria e estão dispostas a pagar por ela. E isso pode ser bem lucrativo. Invista em uma boa identidade visual porque isso pode fazer diferença.
  • Importação e revenda de produtos: Grandes importações são complexas, é verdade, mas importar e revender produtos ficou absolutamente acessíveis com a chegada de sites como Ebay, Wish e AliExpress, entre outros. Mas tenha cuidado na escolha dos produtos que você revenderá. Os preços são em dólar, o câmbio está nas alturas, e todo cuidado é pouco. Há lucratividade? Sim, e muita se você souber escolher e tiver bastantes clientes. Você vai abrir sua própria loja virtual e faturar com ela.

Mais algumas ideias

  • Brechó físico e online: Esqueça a ideia de que comprar roupa usada não dá dinheiro. Brechós estão na moda, principalmente os online. Hoje, encontramos brechós especializados, que vendem bolsas e vestidos de marcas internacionais a preços mais convidativos, gerando muito lucro para os empreendedores.
  • Aluguel de máquinas, roupas e acessórios: Imagine que você está fazendo uma obra na sua casa e precisa de um andaime por uma semana. Você não vai comprá-lo, certo? Mesmo que o aluguel seja caro, sempre será mais barato do que a compra definitiva. Muitas empresas estão apostando na locação de computadores, vestidos, objetos de decoração e tudo o mais que você pode imaginar.
  • Venda de doces e bolos: É um clássico. Muitos empreendedores começaram na cozinha de casa, com um fogão de quatro bocas, e hoje contabilizam lucros e mais lucros. Invista na comunicação visual do produto!
  • Fabricação de sabonetes e produtos de limpeza artesanais: É outro mercado crescente, que gera bons lucros e pode ser iniciado com pouco investimento. Mais uma vez, não se esqueça de caprichar na apresentação do produto.

Clube de assinatura, um negócio lucrativo

É um mercado em franco crescimento, e que atrai cada vez mais aqueles que querem comodidade e qualidade. Há, hoje, clubes de assinatura de todos os tipos, como livros, vinhos, cervejas, charutos, cosméticos, cafés, queijos e muito mais.

O funcionamento é simples: consumidores se associam e mensalmente recebem produtos selecionados. O modelo é muito vantajoso para a empresa, porque garante a clientela, e para o consumidor também, que tem acesso a produtos de qualidade, selecionados e com preço competitivo.

É preciso lembrar que os clubes de assinatura são especialistas no que se propõem a vender, e isso é fundamental para o seu sucesso.

Dicas para ter lucros

Claro que um negócio lucrativo não acontece da noite para o dia. É preciso saber fazer sua empresa dar lucro, e isso depende de inúmeros fatores. Algumas atitudes são fundamentais para alcançar o sucesso:

  • Estude o seu mercado. Esteja certo de que você tem um bom produto, competitivo, desejado, que você está oferecendo-o da melhor maneira e de fato alcançando seu público alvo. Antes de iniciar as atividades propriamente ditas da empresa, prepare um plano de negócios bem detalhado. A gente te ensina tudo sobre isso clicando aqui.
  • Faça um controle rígido sobre todo o processo e, também, sobre os seus custos. É preciso ter fornecedores parceiros, e isso é fundamental para sua empresa, mas esteja certo de que o preço que você paga por insumos não está caro.
  • Toda atenção do mundo sobre o caixa da empresa. Jamais confunda as finanças da empresa com suas finanças pessoais, o que é muito comum entre microempreendedores. Fale com seu contador sobre isso.
  • Um negócio rentável precisa de novos mercados. Invista em comunicação, em busca de mais clientes. Utilize as redes sociais a seu favor, marcando presença e mostrando sua autoridade no assunto.

Mas dicas

  • Já foi o tempo em que o cliente queria saber apenas onde comprar mais barato. Ele quer e faz questão de ser muito bem atendido. Aposte nisso, e de atenção, também, ao pós-venda.
  • Atenção na margem de ganho de seu produto. Não adianta tem uma margem alta, apostando em insumos de má qualidade, e perder clientes por isso. É preciso saber vender bem – e sempre.
  • Estude seu mercado. Fique de olho nas inovações, nas melhores práticas de mercado e até em novos produtos e serviços.
  • Invista em promoções atrativas. Você pode, por exemplo, dar um com desconto em um produto, condicionando-o a compra de mais unidades. Ou associar descontos a compra simultânea de produtos diferentes.

A importância do contador no lucro do seu negócio

Lá no começo deste conteúdo, você leu sobre o que é um negócio lucrativo. Também descobriu a diferença entre lucratividade e rentabilidade. Pode parecer um pouco confuso – e até é – mas não há com o que se preocupar. Você deve discutir esse tema exaustivamente com o seu contador, que vai lhe dar toda a assessoria para tornar sua empresa um negócio lucrativo.

Há muito que a contabilidade deixou de ser apenas uma organização das contas, emissão de boletos de impostos e de contracheques. A contabilidade moderna é gerencial e inteligente. O contador é um especialista, que tem expertise para aconselhar o empreendedor no dia a dia de seu negócio. Um escritório contábil moderno dispõe de ferramentas avançadas para ajudá-lo a gerir sua empresa, contribuindo na tomada de decisões.

É preciso estar preparado para o lucro

Há inúmeros negócios lucrativos e ideias e segmentos para investir. É verdade que um determinado produto pode gerar um maior lucro do que outro, mas a questão é muito mais como conseguir lucro, e não o que dá lucro. A partir deste conteúdo, você certamente está mais bem preparado para o lucro. Bons negócios!

Vamos conversar? Sim! Quero falar com um especialista.

Portal Gerando Empreendedores
Portal Gerando Empreendedores
A primeira escola de empreendedorismo no Brasil formada por Contadores e Financistas Especializados. Somos o maior apoio paras as Micro e Pequenas Empresas.
Preciso de Ajuda