Como abrir uma empresa em São José dos Campos (SJC)

Como abrir uma empresa em São José dos Campos (SJC)

como abrir uma empresa em porto alegre
Como abrir uma empresa em Porto Alegre
05/07/2020
como abrir uma empresa em santo andré
Como Abrir Uma Empresa em Santo André
09/07/2020
como abrir uma empresa em são josé dos campos em sp

Se você está pensando em abrir uma empresa em São José dos Campos, saiba que neste município de São Paulo as oportunidades de negócio são promissoras e muitas. A cidade conta com uma forte indústria, que responde por quase 70% da economia local, e tem um comércio e uma rede de prestação de serviços relevantes.

Mas você sabe como abrir uma empresa em São José dos Campos? Quais são as possibilidades que a cidade oferece, como legalizar a empresa, o que precisa definir…o Gerando Empreendedores traz todas essas informações neste conteúdo produzido por nossos especialistas para eliminar todas as suas dúvidas sobre a abertura de empresa em São José dos Campos.

Informações sobre São José dos Campos

São José dos Campos é o quinto município mais populoso do Estado de São Paulo e 23º do país, com 721.944 habitantes (números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística de 2019). Quando se fala em cidades do interior, ocupa a segunda posição em todo o país, ficando atrás apenas de Campinas.

São José dos Campos está integrado ao chamado Complexo Metropolitano Expandido, ao lado de São Paulo, Campinas, Sorocaba e a Baixada Santista. Trata-se de uma megalópole com mais de 30 milhões de habitantes, e a cidade se beneficia disso economicamente. Seu Produto Interno Bruto (PIB) era de R$ 37,315 bilhões em 2016, segundo o IBGE, o que significa que naquele momento SJC  era o oitavo maior município de São Paulo e 19º do Brasil.

A cidade cresceu muito com a atividade agrária, principalmente com o cultivo de café, mas a partir da segunda metade do século XX a indústria se destacou, com muita ênfase na área da tecnologia. Hoje, a atividade industrial é a mais forte, mas a cidade mantém um comércio muito relevante. O setor industrial, no entanto, chega a responder por quase 70% da economia local.

A cidade de SJC mantém sede de empresas de renome, como Panasonic, Johnson & Johnson e General Motors. Outro dado também importante, que tem reflexo na economia local: o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) local em 2000 era de 0,800, sensivelmente acima do índice do Brasil, que era de 0,723 no mesmo ano.

abrir empresa em são josé dos campos

Tecnopolo e destacado complexo aeroespacial em SJC

São José dos Campos é considerado um relevante tecnopolo de material bélico e metalúrgico. A cidade sedia o maior complexo aeroespacial da América Latina. Seu parque tecnológico é o único no mundo inteiro com centro de pesquisas dos três maiores e principais fabricantes de aeronaves: Embraer, Boeing e Airbus.

São José dos Campos é o segundo maior exportador de produtos industrializados do país, perdendo apenas para a cidade de São Paulo. A cidade exporta aviões, automóveis, helicópteros, peças de avião, autopeças, produtos médicos e celulares, principalmente.

Oportunidades em São José dos Campos

Com uma indústria forte e um comércio robusto, aliado à atividade de prestação de serviços, São José dos Campos oferece muitas oportunidades de negócios, sendo considerado um município excelente para a abertura de empresas.

As indústrias estimulam a prestação de serviços e o comércio local, que precisam estar aptos para servir às suas necessidades. Assim, a economia de São José dos Campos se fortalece, gerando empregos, renda e impostos.

As maiores oportunidades estão principalmente no comércio, no ramo alimentício, na prestação de consultoria e em todo tipo de empresa que supre as necessidades da indústria local. Empresas de delivery e de marketing digital, por exemplo, estão em alta.

Um plano de negócios é fundamental

Para dar certo e conquistar sua fatia do mercado, uma nova empresa precisa seguir algumas etapas, e produzir um plano de negócios antes de abrir as portas é um deles. Aliás, é um passo fundamental: de cada dez empresas brasileiras, seis fecham suas portas antes de completar cinco anos, e a falta de planejamento é um dos motivos que explicam tal estatística.

Um plano de negócios vai reunir todas as informações sobre a empresa. O objetivo é evitar erros e inconsistências, que podem custar muito caro, até mesmo a falência do negócio. No plano de negócios, o empreendedor vai abordar questões como o tipo de produto ou serviço prestado, preços, margens de lucro, investimentos, estudo sobre concorrência, ponto de venda, ações de marketing e muito mais.

Jamais, em hipótese alguma, pule essa etapa. O plano de negócios vai funcionar como um norte a seguir, e evitará possíveis erros, dando mais assertividade para o seu negócio.

Qual segmento atuar?

Os investimentos a serem feitos no seu novo negócio, bem como sua própria legalização, dependem do tipo de segmento de atuação da empresa. Ou seja, o seu ramo de atividade. São quatro os segmentos:

  • Prestação de serviços;
  • Comércio em geral;
  • Indústria;
  • Agronegócio.

Como a cidade tem uma indústria muito forte, é preciso um comércio e uma rede de prestação de serviços atuantes para atender todas as demandas. Assim, todos segmentos apresentam muitas oportunidades de negócios.

Escolhendo a natureza jurídica

Sua empresa precisa ter uma natureza jurídica, ou seja, o seu tipo societário. Essa também é uma questão crucial, que merece toda a sua atenção e uma boa conversa com o seu contador especialista. Afinal, muitos detalhes importantes sobre o funcionamento da firma são definidos de acordo com a sua natureza jurídica.

A Sociedade Empresária Limitada serve para empresas de prestação de serviços, comércio em geral e indústria. No Brasil, a maioria das empresas é uma Sociedade Empresária Limitada. Sua principal característica é possibilitar a sociedade com dois ou mais sócios.

Já a Sociedade Limitada pessoal é bem parecida com a Sociedade Empresária Limitada. Mas uma empresa com tal natureza jurídica pode ter apenas um só dono, e seu patrimônio particular não poderá ser afetado caso sua empresa contraia dívidas.

Empresários que não querem ter sócios também podem optar pela natureza jurídica Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI), mas o valor do capital social mínimo é de cem salários mínimos (no valor vigente na época da abertura da empresa).

Há, ainda, o microempreendedor individual (MEI). Essa natureza jurídica foi criada para formalizar milhares de pequenos empreendedores em todo o país, mas há uma série de limitações que acabam engessando o crescimento da empresa. O faturamento anual não pode ultrapassar R$ 81 mil e a empresa só poderá contratar um funcionário.

Qual regime de tributação optar?

Quais são os impostos que você vai pagar ao longo da atividade empresarial? Quais são os impostos e quais taxações que o seu negócio deve pagar? Isso vai depender do regime de tributação no qual sua empresa estará inserida.

A questão tributária é muito relevante porque vai influir diretamente na sua margem de lucro líquido, ou seja, o que sobra feito todos os pagamentos relacionados à empresa. Portanto, quanto menos impostos sua empresa pagar, melhor será o seu resultado.

Esse é um assunto que deve ser debatido com o seu contador. Ele vai lhe explicar como funciona cada regime tributário, quais são as regras e o que é melhor para o seu negócio. Os principais regimes tributários são:

  • Simples Nacional, cuja principal característica é o pagamento simplificado dos impostos, por meio de uma só guia.
  • Lucro Presumido, onde o cálculo dos impostos é feito sobre um lucro presumido. Esse sistema é mais vantajoso para empresas prestadoras de serviços.
  • Lucro Real, cujo cálculo é feito sobre o faturamento real e é o regime tributário obrigatório para grandes empresas.

Como abrir uma empresa em São José dos Campos?

A prefeitura de São José dos Campos criou, em 1997, a Sala do Empreendedor, cujo objetivo é agilizar e desburocratizar a legalização de empresas na cidade. A ideia é atrair novas empresas para o município e apoiar a atividade empresarial para pequenos, médios e grandes empreendedores.

Todo o processo burocrático é feito em um só lugar, para facilitar a vida do empresário: inscrição municipal, alvará de funcionamento, verificação de processos administrativos e outros serviços. Empresas com atividades consideradas de baixo risco fazem todo processo por meio dos portais Empresa Fácil e Via Rápido Empresa (da Junta Comercial). Segundo a prefeitura, 95% das empresas fazem todo processo online e apenas 5% precisam do atendimento presencial.

Se achar necessário, o empresário pode buscar informações de forma presencial na Sala do Empreendedor, que fica no 4º andar do Paço Municipal de São José dos Campos, de segunda à sexta-feira, das 8h15 às 17h. O atendimento também é prestado pelo telefone 3947-8478 e pelo e-mail salaempreendedor@sjc.sp.gov.

Após se cadastrar no Empresa Fácil, o empresário fará a pesquisa de viabilidade do local onde a empresa será instalada. Em caso positivo, são gerados o alvará de funcionamento e a inscrição municipal.

É bom lembrar que a legalização da firma não se restringe à prefeitura. É preciso registrar o contato social, emitir o CNPJ na Receita Federal e tirar licenças (quando a atividade comercial assim exige). Portanto, o apoio de um contador é mesmo fundamental, ainda que a parte relacionada ao governo municipal seja bem simplificada.

Quanto custa a abertura da empresa em São José dos Campos?

A abertura de empresa em São José dos Campos vai custar ao empreendedor algo em torno de R$ 1 mil. Assim como em outras cidades do interior de São Paulo, a prefeitura não cobra pela emissão do alvará de funcionamento. Em Guarulhos, por exemplo, essa taxa custa em torno de R$ 320,00. Uma boa economia, não?

O valor será gasto com taxas, como no registro do contrato social na Junta Comercial, e para pagamento da assessoria contábil, que fará todo o processo de legalização de forma mais rápida e, o que é o mais importante, sem erros.

Vale pontuar que esse valor é uma média. O pagamento ao contador vai depender, claro, do tipo e do tamanho da empresa.

O Gerando Empreendedores em São José dos Campos – SJC

Muita gente ainda acha que o trabalho do contador se limita a geração de boletos para pagamento de impostos, controle da folha de pagamento e organização dos números da empresa. Ledo engano. A contabilidade gerencial vai muito além disso, oferecendo ao empresário informações fundamentais para a gestão do negócio.

É utilizando as informações colhidas pelo contador que o empresário pode tomar decisões gerenciais muito mais assertivas. Por meio de uma contabilidade moderna, o empreendedor tem uma visão muito mais profunda do negócio, e isso será fundamental para seu crescimento.

Portanto, o trabalho do contador – que é obrigatório para as empresas – é imprescindível e será um diferencial quando bem feito. O Gerando Empreendedores é a maior escola de empreendedorismo do país e também está presente em São José dos Campos, pronto para oferecer todo apoio que o empreendedor necessitar, seja relacionado à gestão contábil, empresarial, tributária, financeira, Coach e treinamentos dos mais diversos.

Clique em “quero falar com um especialista” e vamos conversar. Há muito que fazer pelo seu negócio, e nossa expertise é exatamente essa: ajudá-lo a alcançar o sucesso empresarial.

Falar com um Contador Especialista

Nossos Serviços
Open chat