Contabilidade para coprodutores e a importância do contador

Contabilidade para coprodutores: a importância do contador no processo de co-produção

contabilidade-para-youtubers-filmagem
Contabilidade para youtubers: tributação do Adsense e monetização
06/11/2021
contabilidade para coprodutores vetor analise de tráfego coprodução

Procurando uma contabilidade para coprodutores? Confira neste conteúdo como a contabilidade para produtores digitais pode contribuir para aumentar os seus lucros e ao mesmo tempo reduzir o seu volume de impostos.

Neste conteúdo você vai entender como funciona a gestão de um negócio digital e como as empresas digitais podem pagar menos impostos com a orientação de uma contabilidade especializada.

Deseja saber mais sobre o mercado digital e entender como um contador especialista pode potencializar os resultados do seu negócio? 

Clique em um dos botões abaixo, entre em contato conosco ou acompanhe o conteúdo até o final.

     Botão Whatsapp         

 

O que é co-produção e o que faz um coprodutor?

Antes de falarmos sobre a contabilidade para coprodutores, é importante entender o que faz esse profissional e também o que faz uma agência de lançamento de infoprodutos, atividades que normalmente andam lado a lado.

Por falar em coprodutores e em agência de lançamento de produtos digitais, você sabe o que é lançamento digital?

Coprodutores e são profissionais que contribuem com produtores digitais no desenvolvimento de materiais como ebooks e cursos online, geralmente são profissionais de social media, profissionais que atuam como editor de vídeo, gestão de tráfego ou outras áreas e que decidem montar uma parceria com infoprodutores.

Na maioria dos casos, esses profissionais trocam o seu conhecimento e trabalho no desenvolvimento e divulgação do produto digital por participações nas vendas.

Por sua vez, uma agência de lançamentos digitais atua na definição e promoção de estratégias para geração de tráfego e venda de cursos online e ebooks em plataformas como Hotmart, Eduzz e Monetizze.

Contabilidade pessoas quebra cabeças azul

 

Contabilidade para coprodutor e negócios digitais: Vale a pena ser autônomo ou pessoa jurídica?

Quando o assunto é contabilidade para coprodutor e negócios digitais, uma dúvida bastante comum entre os empreendedores diz respeito a melhor modalidade de trabalho pensando na gestão do negócio e redução de impostos.

O que é melhor para o coprodutor: Atuar como pessoa física ou pessoa jurídica (PJ)? 

Sem pensar muito, um contador especialista pode afirmar que a pessoa jurídica é a melhor opção, não só pela possibilidade de emitir notas fiscais, mas principalmente em função do imposto de renda.

As alíquotas dos impostos sobre pessoa física no mercado digital são muito superiores à praticada sobre pessoas jurídicas, observe a tabela abaixo e compare com a tributação para pessoas jurídicas que apresentaremos na sequência deste conteúdo.

 

Por que contratar uma contabilidade para coprodutores?

Você atua no mercado digital como coprodutor, mas ainda não contratou uma contabilidade para coprodutores? O apoio e assessoria de uma contabilidade digital é fundamental para o seu negócio!

Veja o que uma contabilidade para serviços de coprodução pode fazer pelo seu negócio:

  • Orientação e assessoria na abertura de empresas;
  • Planejamento tributário para redução de impostos;
  • Apoio na contratação e registro de funcionários;
  • Cálculo de pró-labore e folha de pagamento;
  • Entrega de relatórios que apoiam a gestão do negócio;
  • Entrega de declarações solicitadas pelo fisco;
  • Dentre outras atividades importantes.

Bom, você já sabe o que é e o que faz uma contabilidade para coprodutor, agora só falta contratar a sua. Conte conosco!

Como reduzir os impostos dos coprodutores?

Quando falamos da contabilidade para coprodutores, a maioria dos empreendedores digitais se perguntam: Existe um caminho legal para redução de impostos?

A boa notícia é que com o apoio de um contador especializado, o coprodutor e o infoprodutor podem montar um planejamento tributário para pagar menos imposto.

Você já sabe que abrir empresa e CNPJ para coprodutor pode garantir vantagens e economia para o seu negócio, sendo assim, é hora de entender como funciona a tributação do coprodutor PJ.

Antes de mais nada, precisamos entender que existem basicamente dos tipos de coprodutores, aqueles que exercem atividades de comércio, como a venda de ebooks e aqueles que prestam serviços, como é o caso da venda de cursos online.

Para cada atividade existe um CNAE apropriado e algumas opções em regime tributário, veja:

Venda de ebooks:

CNAE 4761-0/01 – Comércio varejista de livros que inclui além do comércio físico de livros e apostila, o comércio varejista de livros virtuais (e-books).

Neste CNAE e tipo de atividade coprodutores podem optar pelo Anexo I do Simples Nacional ou pelo Lucro Presumido, veja as opções:

  • Simples Nacional: Alíquota de contribuição a partir de 2,75% sobre o faturamento mensal, considerando a isenção de ICMS aplicável neste caso.
  • Lucro Presumido: Alíquota de contribuição a partir de 2,88% sobre o faturamento mensal, considerando a isenção de ICMS, PIS e COFINS aplicável neste caso.

Venda de cursos online:

CNAE 8599-6/04 – Treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial que inclui atividades de treinamento profissional, gerencial com acesso à internet e também à distância, o que inclui os cursos online.

Por sua vez, na venda de cursos online, os coprodutores podem optar pelos Anexos III ou V do Simples Nacional, ou então, pelo Lucro Presumido, veja as opções:

  • Simples Nacional: Alíquota entre 6% e 19,50% sobre o faturamento para empresas com Fator R igual ou maior a 28% e alíquota entre 15,50% e 19,25% para as demais empresas.

Para encontrar o Fator R do Simples Nacional, basta utilizar a seguinte fórmula:

 (Folha de pagamento / Receita Bruta) x 100

  • Lucro Presumido: Alíquota de contribuição entre 13,33% e 16,33% (a depender de cada município) sobre o faturamento mensal do profissional de coprodução.
Abertura de empresa homem foguete verde

 

Como abrir uma empresa e contratar uma contabilidade para coprodutores?

Você já conferiu tudo o que precisa saber sobre a contabilidade para coprodutor e a redução de impostos, sendo assim é hora de conferir o que é preciso para abrir CNPJ para negócios digitais.

Sendo assim, anote os documentos que você precisa para abrir o seu CNPJ:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Carnê IPTU.

Separou esses documentos? Então, é só entrar em contato com a nossa assessoria contábil, clicando em um dos botões abaixo, conhecer nossos serviços em contabilidade para coprodutor e solicitar a abertura da sua empresa.

     Botão Whatsapp         
Nossos Serviços
Open chat