Afiliados Digitais: O que é e como vender nas principais Plataformas - Gerando Empreendedores

Afiliados Digitais: O que é e como vender nas principais Plataformas

Microempresa me - homem falando sobre micro empresa
Microempresa: o que é uma ME e seus benefícios
19/06/2021
empresa individual - empresário individual
O que é Empresário Individual (EI)? Saiba tudo sobre esse tipo de empresa
21/06/2021
Afiliados digitais - homem olhando o grafico de vendas de afiliados hotmart

A internet oferece um sem número de oportunidades para se ganhar dinheiro, inclusive para aqueles que terão como trabalho fazer a ponte entre um produtor digital e o consumidor: os afiliados digitais. A verdade é que para esse tipo de negócio, as oportunidades são tantas que podemos falar que o céu é o limite!

Mas o que é afiliado digital e como vender nas principais plataformas? Quanto você vai gastar, o que precisa fazer e como fazê-lo para ser um Afiliado Digital de sucesso? São as respostas que o Gerando Empreendedores traz para você, neste conteúdo produzido por nossos especialistas em mercado digital. Boa leitura!

Afiliado Iniciante: Como ser um afiliado

É preciso ter 18 anos ou mais, um computador e uma conexão wi-fi, além, claro, de muita disposição para ser um afiliado digital, ou seja, quem irá vender infoprodutos e ganhará comissão por isso. Definitivamente, não precisa de experiência para começar, e com o tempo você vai aprender cada vez mais como alcançar seus objetivos no mundo digital.

O mais importante é entender que você está começando uma atividade profissional que pode ser muito lucrativa, e isso vai depender exclusivamente de você. Tem algo sobre o qual você vai precisar utilizar muito, e aprender sobre isso será fundamental para o crescimento do seu negócio: marketing digital. Frequentar as redes sociais com espírito de vendedor também será absolutamente relevante.

     Botão Whatsapp         

 

Como vender como afiliados digitais

Antes de mais nada, é preciso ter postura de empreendedor. Afinal, você vai assumir um negócio, que depende de esforço, dedicação e muito marketing digital para alcançar um número cada vez maior de consumidores.

Uma dica fundamental é escolher infoprodutos com os quais você se identifica e que gostará de trabalhar com eles. Você vai representá-los, certo? Precisa entender do assunto, estudar, saber convencer o consumidor a comprá-los. Outro passo tão importante quanto é escolher a dedo os infoprodutores aos quais se afiliará.

Feito isso, é preciso se cadastrar em uma ou mais plataformas de afiliação e divulgar muito bem os produtos por meio de marketing digital. Utilize fotos bacanas e de qualidade, promova conteúdos, faça vídeos no YouTube, capriche no mail marketing, acesse toda a sua rede de relacionamento e invista nas redes sociais. São os primeiros passos para o sucesso como Afiliado Digital.

Abertura de empresa homem foguete verde

As principais plataformas de afiliação

Chegou a hora de vender e faturar muito! Mas onde o afiliado pode vender os produtos e ganhar suas comissões? Essa é a parte boa da história: há plataformas digitais específicas para isso, onde se encontram infoprodutores digitais, afiliados e o consumidor. Basta se cadastrar e começar a vender.

Se quiser, um Afiliado Digital também pode se aproveitar dos milhões e milhões de clientes dos gigantes do varejo, vendendo em suas plataformas de e-commerce. Essas grandes empresas oferecem toda a estrutura, dão curso, ajudam no marketing digital e cobram uma determinada comissão por produto vendido.

Vamos ver, agora, quais são as principais plataformas disponíveis, como se cadastrar e o quanto vai pagar para participar delas.

Afiliados Digitais Hotmart

A Hotmart é uma das principais plataformas digitais do mundo, líder na América Latina, para a venda de cursos digitais e afins. Lá se encontram o infoprodutor, o afiliado e o consumidor, e o negócio está feito!

O interessados em ser afiliados digitais na Hotmart deve se inscrever na plataforma, pesquisar os produtos que quer vender, solicitar afiliação e utilizar os hotlinks para divulgar e começar a venda. O cadastro é gratuito, e são mais de 108 mil produtos para você escolher quais vender, mas há uma tarifa de 9,90% , mais um R$ 1,00 por venda. Afiliados que atuam como pessoa física só podem retirar até R$ 1.900,00 mensais de comissão, limite esse que não existe para quem atua como pessoa jurídica.

Afiliados Eduzz

A Eduzz é uma multiplataforma para venda de produtos digitais, que coloca lado a lado infoprodutores, prestadores de serviços e, claro, consumidores. Você pode se afiliar a ela e receber comissão por suas vendas. Você deve se cadastrar no site da Eduzz e seguir o passo a passo que eles oferecem, selecionando o conteúdo ao qual se afiliou.

Não há cobrança de mensalidades, mas sim taxas administrativas por transações, descontadas diretamente sobre os valores das vendas. A taxa sobre a venda do produto por meio do Afiliado é de 8,90%, mais R$ 1,00 por transação. Há, ainda, uma taxa de R$ 9,00 por saque que o Afiliado fizer. E mais: o recebimento leva 30 dias, mas se o Afiliado quiser antecipá-lo para dois dias pagará uma taxa a mais de 2,99% mais 0,1% por dia antecipado.

Afiliado pessoa física só pode sacar até R$ 1.900,00 por mês de comissão. Já a pessoa jurídica não tem limite algum.

Afiliados Digitais na Twitch

O Twitch é uma plataforma online muito famosa, principalmente entre aficionados por games, onde os internautas fazem transmissão ao vivo, com interação por meio de chat. Mas não é do de gamers que ela vive; tem cozinheiros, designers, analistas de sistema e inúmeros outros profissionais ensinando de tudo por lá. Fez tanto sucesso que em 2014  já apresentava o quarto maior pico de tráfego de internet dos Estados Unidos e, por isso, foi comprado pela Amazon por quase US$ 1 bilhão.

E você pode ser Afiliado Digital na Twitch, que é o primeiro passo para se tornar um parceiro Twitch. Como afiliado, vai faturar 5% das vendas originadas em seu canal. Os streamers qualificados são convidados por e-mail a se cadastrarem. É cobrada uma taxa de inscrição de US$ 4,99, US$ 9,99 ou US$ 24,99, dependendo de algumas variáveis. Vale apenas abrir uma empresa para receber os ganhos.

Afiliados Magazine Luiza (Magalu)

Você pode contar com a força de venda da Magazine Luiza, uma das maiores redes de varejo do país, e ser o que eles chamam de Parceiro Magalu, expondo seus produtos para uma base de mais de 24 milhões de clientes. É preciso se cadastrar, gratuitamente, e assistir a uma série de treinamentos. Depois, basta cadastrar a loja e os produtos e vender. O Magazine Luiza cobra uma comissão de 3,99% para pagamento no fluxo, com uma taxa de antecipação de 0,99% ao mês para empresas (incluindo MEI) que estejam cadastradas no Simples Nacional. Também são oferecidos vários cursos de capacitação em vendas digitais.

Afiliados Amazon

A Amazon é a maior empresa de e-commerce do mundo, e você pode ganhar muito dinheiro como Afiliado Digital vendendo no site brasileiro deste gigante. Você deverá criar uma conta de vendedor, e isso vale para quem tem CNPJ ou CPF. É preciso informar um cartão de crédito ou débito para pagamento da primeira mensalidade (depois, ela será descontada dos ganhos).

No chamado plano individual, você pagará R$ 2,00 por produto vendido. Já no plano profissional, a taxa é fixa: R$ 19,00 por mês (os três primeiros meses são gratuitos). Em ambos os casos também haverá uma cobrança de comissão entre 8% e 20%, dependendo da categoria do produto. A Amazon oferece uma série de ferramentas para ajudar na gestão das vendas.

Afiliados Americanas

Como trabalhar como afiliado das Lojas Americanas? No site deles você pode fazer o seu cadastro, informando todos os seus dados, e precisa esperar pela análise que será realizada. A Americanas só aceita Afiliados Digitais que têm CNPJ (incluindo MEI). Se aceito, bastará ativar sua loja no Americanas Empresas, abrir o chamado “quero vender no Americanas Empresas” e oferecer seus produtos. Não há taxas, eles oferecem até treinamentos e a comissão é de 16% sobre o valor do pedido mais o frete.

Afiliados Digitais Mercado Livre

O Mercado Livre é uma verdadeira potência. Apenas no Brasil, por exemplo, contabiliza mais de um milhão de vendas por dia. É a maior plataforma de vendas da América Latina, com presença em 18 países, mais de 60 milhões de ofertas e em torno de seis mil buscas por segundo. Segundo o próprio marketplace, seu faturamento representa 0,12% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

O ML também tem seu programa de afiliados. Para participar, o Afiliado Digital precisa criar uma conta na plataforma, definindo-a como uma conta de pessoa física ou jurídica. Após preencher todo cadastro, clicará em “vender”, indicará sua categoria e já poderá publicar seus anúncios de produtos físicos que você venderá como afiliado.

A conta e os anúncios são gratuitos, mas o ML ganhará uma comissão sobre as suas vendas. Os produtos precisam custar acima de R$ 7,00. As tarifas são variadas e dependem da categoria, mas vão de 11% a 14% nos anúncios da versão clássica e de 16% a 19% nos anúncios da versão premium, além de mais R$ 5,00 de comissão por produto abaixo de R$ 79,00.

Afiliados no Marketing Digital: Pessoa física ou jurídica?

O que é mais vantajoso, atuar como afiliados no Brasil como pessoa física ou jurídica? Essa é uma pergunta que inúmeros afiliados nos fazem, e vamos mostrar na ponta do lápis qual é a resposta certeira e definitiva.

Toda atividade profissional pode gerar imposto de renda. No Brasil, se um profissional faturar a partir de R$ 1.903,99 mensais, já é obrigado a se entender com o Leão do fisco, pagando uma alíquota de 7,5% de IR. Se o faturamento for superior a R$ 4.664,68, a alíquota sobe para 27,5%, uma mordida dolorosa de praticamente um terço de tudo o que faturou (e olha que nem estamos incluindo, aí, o INSS a ser recolhido)!

Muitas pessoas decidem trabalhar como afiliados digitais e vender nas principais plataformas apenas para complementar a renda, então acham que não precisam se tornar pessoas jurídicas, mas é preciso somar o salário com o faturamento nesta atividade e se entender com o Leão. E tem mais: justamente para não ter problemas com a Receita Federal, as plataformas liberam para pessoas físicas uma comissão de no máximo R$ 1.900 por mês. Mais que isso, só para pessoas jurídicas.

Já uma microempresa que adere ao Simples Nacional, dependendo do faturamento, o afiliado poderá pagar uma alíquota menor. Além disso, pode emitir nota fiscal. Agora, você me diz: afiliados no marketing digital devem atuar como pessoas físicas ou pessoas jurídicas?

Contabilidade pessoas quebra cabeças azul

Abertura de Empresas e Contabilidade: como podemos te ajudar?

A contabilidade moderna é consultiva e voltada para a gestão de toda a empresa e para o resultado. Por isso, é fundamental, e quando muito bem realizada se transforma em um diferencial do negócio. É por meio de um profundo planejamento tributário, por exemplo, que é possível arcar com uma carga de impostos menor, o que influencia direta e positivamente no lucro final. Além disso, os números e as análises de uma contabilidade propositiva ajudam na tomada de decisões gerenciais mais assertivas, levando o negócio para frente!

É assim que atua o Gerando Empreendedores, que é especializado em contabilidade para empresas do mercado digital. Conhecemos essa realidade e a legislação pertinente de forma profunda, portanto sabemos o caminho das pedras. Agora, converse com um de nossos especialistas. Vamos falar sobre seus planos, necessidades e desejos, e ver como podemos, juntos, alcançar os objetivos propostos. Acredite, podemos apoiar seu negócio e ajudar a transformá-lo em uma empresa de sucesso.

     Botão Whatsapp         

 

Nossos Serviços
Open chat