Como abrir uma escritório de advocacia

como abrir uma sociedade de advocacia

Como abrir um escritório de advocacia é uma disciplina que não faz parte da estrutura curricular da maioria das faculdades, mas faz muita falta quando o profissional se forma.

Cursar uma faculdade é para qualquer estudante, são horas exaustivas de estudo, finais de semana dedicados a adquirir conhecimentos e muito estresse.

No entanto, ao formar, o profissional precisa lidar com o mercado competitivo e também as angústias do exame da Ordem dos Advogados do Brasil.

Depois é hora de começar a indagar como abrir um escritório de advocacia.  Começar um negócio sozinho ou convidar um amigo? Escolher área trabalhista ou criminal?

Se você ainda não sabe como fazer, continue lendo o texto até o final para encontrar todas as informações que precisa e assim ter um negócio de sucesso. Agora pode ser que você já sabe que precisa abrir sua pessoa jurídica na advocacia, então pode falar com nossos especialistas.

Falar com um Contador Especialista

Como abrir um escritório de advocacia: primeiros passos

  1. Escolha se vai trabalhar sozinho ou em sociedade

Uma das informações que devem ser levadas em consideração por quem está buscando informações de como abrir um escritório de advocacia é se vai montar um negócio sozinho ou com um sócio.

Qualquer uma das decisões tem seus pontos positivos e negativos. É preciso considerar cada uma deles antes de tomar a decisão.

Embora a sociedade seja uma forma de dividir os gastos iniciais e as despesas mensais, é importante escolher bem o seu sócio e saber lidar com o estresse e as indisposições do dia a dia, sem permitir que isso interfira no andamento do negócio.

Por outro lado, começar um negócio sozinho vai permitir que você tenha mais liberdade para trabalhar e gerir seu escritório sem interferências, no entanto, terá que arcar com todas as despesas iniciais, bem como os gastos mensais.

Considere cada uma das situações e veja qual delas se encaixa melhor na sua realidade.

  1. Escolha sua área de atuação

O Direito é uma área muito ampla, que lhe oferece diversas possibilidades de trabalho. Portanto, antes de pensar em como abrir um escritório de advocacia é importante escolher qual será sua área de atuação.

Essa informação é muito importante, pois ele irá direcionar as suas ações daqui em diante. Como? Você pode estar se perguntando.

Ao definir a sua área de atuação, você terá que começar a trabalhar em um local em que seu público-alvo lhe encontre com facilidade.

Por exemplo, se você escolhe a área de direito ambiental para atuar, é importante que seu escritório seja instalado em locais próximos a prefeituras, secretarias de meio ambiente e demais órgãos reguladores na área de meio ambiente.

Além disso, existem também as lojas de comerciantes que oferecem produtos para fazendeiros e empreendedores especializados na venda de terrenos rurais.

Estar próximo desses locais vai contribuir para que seus potenciais clientes lhe encontrem com maior facilidade.

É muito importante que você escolha uma área de atuação que você goste e seja seu ponto forte.

Isso vai contribuir para que você tenha sucesso em seu trabalho, uma vez que terá maior domínio sobre o assunto.

  1. Escolha um local adequado

Agora que você já decidiu em qual área deseja atuar, é importante escolher o local adequado.

Muitas pessoas na hora de reunir as informações sobre como abrir um escritório de advocacia se preocupam apenas com a questão do valor do aluguel.

Embora essa preocupação seja necessária, pois, é o início de uma atividade sem salário fixo, é preciso escolher um espaço que ofereça conforto para o exercício das atividades inerentes à função, bem como para os clientes.

Tenha cautela nessa escolha e faça todo o esforço para equilibrar o bom preço com o espaço adequado.

Considere a possibilidade de um local com estacionamento próximo e de fácil acessibilidade para que seus clientes se sintam acolhidos desde o primeiro momento. 

  1. Faça o levantamento dos custos

Quem busca soluções de como abrir um escritório de advocacia sabe que os custos não são baixos.

É preciso fazer o levantamento de cada um deles e seus respectivos valores para que você saiba quanto deverá investir.

Em caso de abertura do negócio em sociedade, você tem a opção de dividir os gastos.

No entanto, é importante ter em mente, que caso algum dos sócios desista da sociedade, a outra parte terá que restituí-lo.

Os principais custos que devem ser considerados:

  • Aluguel de um espaço;
  • Compra de móveis;
  • Material de escritório;
  • Equipamentos como computador e impressoras;
  • Contrato de prestação de serviços de um contador;
  • Contratação de serviços de telefonia fixa e internet;
  • Contratação de um profissional para atender os clientes;
  • Divulgação.

É possível economizar na compra dos móveis. Muitas lojas especializadas em material de escritório disponibilizam móveis usados em perfeitas condições para serem vendidos.

  1. Não fique preso apenas ao Direito

Esse conselho parece estranho para quem busca informações de como abrir um escritório de advocacia, no entanto, ao começar um negócio é preciso abrir os olhos para outras áreas.

Estudar um pouco de finanças, gestão de pessoas, comportamento humano, conciliação de conflitos, gestão de negócio, empreendedorismo e organização do tempo é importantíssimo.

Dessa forma, você estará preparado para enfrentar as dificuldades relacionadas à rotina de um negócio.

  1. Invista em marketing

Além de investir em conhecimentos de como abrir um escritório de advocacia e como fazer seu negócio crescer é preciso aprender a investir em marketing.

Para que seu negócio seja conhecido é importante investir na divulgação. As pessoas precisam saber que você existe e qual tipo de serviço oferece.

Contrate um bom profissional para criar a sua marca. Capriche na produção dos seus cartões de visita e de todo o material de escritório.

Invista também na produção de flyers para deixar em locais estratégicos, onde os seus potenciais clientes possam estar.

Não se esqueça de decorar o seu escritório de acordo com as cores da sua marca. Isso é importante, pois reforça a identidade visual do seu negócio.

A internet também é uma excelente forma de divulgação. Você pode usar os canais gratuitos como as redes sociais e também investir em propaganda paga para atrair mais clientes.

Lembre-se que o bom atendimento também contribui para que seu escritório seja conhecido, pois as pessoas bem atendidas voltam e trazem consigo novos clientes.

Além disso, elas fazem propaganda boca a boca, uma excelente forma de divulgação gratuita.

De acordo com informações divulgadas no site Administradores.com, uma pesquisa realizada em 2012 pelo PROCON e Fundação Getúlio Vargas, a má qualidade no atendimento representa 68% de perda de clientes.

Portanto, investir na contratação de um bom profissional para fazer o atendimento no seu escritório vai ajudar bastante a atrair novos clientes.

Como abrir um escritório de advocacia: quais documentos necessários

Como administrador do Direito, você já deve saber que é ilegal trabalhar sem registrar devidamente o seu negócio, principalmente se tratando de um escritório de advocacia.

Além disso, uma das grandes exigências é que a empresa e os profissionais que trabalham nela sejam devidamente regularizados junto à OAB.

Se você está se preparando e buscando informações de como abrir um escritório de advocacia precisa conhecer quais são os documentos necessários para que seu negócio esteja completamente regularizado.

Antes de efetuar o registro é importante fazer uma consulta no Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI – para consultar se o nome que você pretende registrar o seu negócio está liberado.

Caso haja duplicidade de nomes é preciso escolher outro. Essa consulta é necessária, pois o número de advogados no Brasil é muito grande.

CNPJ:  Após o registro na OAB do seu contrato social, você pode obter seu CNPJ através do registro na Receita Federal.

Registro na OAB:  Todos escritórios de advocacia e sociedades, precisam registrar seu contrato social, na própria OAB. A OAB, tem a mesma função dos cartórios de pessoas jurídicas e Junta Comercial em caso de abrir uma empresa comercial.

Registro na Prefeitura da sua cidade: Todos os escritórios de advocacia são obrigados a ter registro na prefeitura. Isso é para recolher o imposto municipal e ter o alvará de funcionamento.

Alvará de funcionamento: esse documento é obtido na prefeitura municipal. Ele precisa ficar em local visível dentro do escritório, principalmente em caso de fiscalização.

Cadastro no INSS: mesmo que você comece o seu negócio sem o registro de algum funcionário é preciso efetuar o cadastro de sua empresa junto ao INSS.

Cadastro no Sistema de Conectividade Social: esse cadastro deve ser feito junto a caixa econômica federal, ele permite a realização de transações relacionadas ao FGTS e demais impostos.

Como abrir um escritório de advocacia: contrate um contador pode ajudar

O número de advogados no Brasil não para de crescer. Todos os anos novas turmas se formam e outros iniciam o curso.

Portanto, o número de pessoas que querem se preparar e aprender como abrir um escritório de advocacia também é grande.

De acordo com informações publicadas em 25 de outubro de 2019 no site Valor, o Brasil possui mais de um milhão de profissionais inscritos na OAB.

Esse número é duas vezes maior que o número de médicos, atualmente em torno de  473,23 mil segundo o Conselho Federal de Medicina (CFM) do país.

Ainda segundo a publicação do site e de acordo com informações da Ordem dos Advogados do Brasil, a média é de um profissional para cada 174 habitantes.

Baseado nessa informação é possível dizer que esse é um mercado altamente competitivo, portanto, você deve trabalhar de forma legalizada para evitar problemas.

Denúncias até mesmo anônimas podem contribuir para que os órgãos regulamentadores descubram sua atividade irregular e você tenha sérios problemas com a Ordem dos Advogados.

Como você pode perceber no item acima, além de ser aprovado na OAB e registrar sua empresa nela, há uma série de providências a serem tomadas.

Além de estudar todas as informações sobre como abrir um escritório de advocacia é preciso tomar as providências em relação à regularização do negócio.

Embora pareçam poucos documentos o processo para conseguir cada uma deles é bastante burocrático, começando pelo CNPJ.

O prazo para que emissão desse documento, bem como o preenchimento dos dados é algo demorado, por isso a importância de contratar um contador para lhe auxiliar.

Portanto, contratar um contador vai contribuir para que a abertura da sua empresa seja mais rápida e você possa começar a trabalhar de forma legal.

Somente o contador é o profissional habilitado e capacitado para ajudar você na legalização do seu negócio.

Além disso, por lidar diariamente com abertura e fechamento de empresas ele possui experiência para lhe dar dicas de como gerir o seu negócio de forma que ele cresça e se consolide, afinal de contas essa é uma área muito concorrida.

Como abrir um escritório de advocacia: dicas para ter sucesso

Se você leu o texto até aqui é sinal que de fato as instruções de como abrir um escritório de advocacia foram importantes para você.

Algumas dicas são bem vindas para lhe ajudar seguir em frente com o seu projeto. Veja abaixo quais são elas:

  1. Persistência: a área de direito está cada vez mais competitiva, mas isso não quer dizer que não tenha lugar para você.

No início pode parecer difícil, pois você precisa conquistar os seus primeiros clientes, atendê-los e prestar um serviço de qualidade.

Essas três atitudes em conjunto vão contribuir para que você atraia cada vez mais clientes. Mesmo que demore um pouco, não desista.

  1. Ofereça seu serviço: não tenha vergonha de se aproximar e oferecer os seus serviços. Obviamente você deve fazer isso com educação e elegância, no entanto, não perca a oportunidade. 
  1. Invista no marketing jurídico digital: a internet é um campo vasto de possibilidades, mas para conquistar seu espaço é preciso investir na divulgação e oferecer conteúdos para atrair seus clientes.

Sendo assim, ofereça conteúdos relevantes e de qualidade em suas redes sociais para que as pessoas tenham cada vez mais confiança em você e no seu trabalho.

Essa é uma das dicas para quem quer aprender como abrir um escritório de advocacia que não pode ser menosprezada, pois a empresa que não tem presença digital está condenada ao fracasso.

Conclusão

Se seu objetivo é aprender como abrir um escritório de advocacia todas as informações apresentadas nesse texto serão muito úteis.

Para começar um negócio é preciso estar preparado para os desafios que aprecem pela frente, uma das formas de começar bem é atendendo os requisitos legais.

Não dispense o acompanhamento de um contador para que você não corra riscos e ao mesmo tempo aprenda com quem entende do assunto a se manter no mercado.

A figura de um profissional de contabilidade deve acompanhar você desde o registro do seu negócio e durante toda a sua vida, pois há muitas providências a serem tomadas relativas ao pagamento de impostos mensais que somente um contador sabe definir.

Agora que você já sabe tudo sobre como abrir um escritório de advocacia é hora de contratar um contador de sua confiança e começar a tomar as primeiras providências para exercer a sua profissão com dignidade e dentro da legalidade.

Falar com um Contador Especialista

Portal Gerando Empreendedores
Portal Gerando Empreendedores
A primeira escola de empreendedorismo no Brasil formada por Contadores e Financistas Especializados. Somos o maior apoio paras as Micro e Pequenas Empresas.
Preciso de Ajuda